quarta-feira, 2 dezembro, 2020
24.1 C
Maricá

Fabiano Horta acompanha lançamento da Moeda Social Carioca com Benedita no Rio

Candidato à reeleição pelo PT, Fabiano Horta acompanhou, na tarde desta segunda-feira (26/10), no Instituto da Cidadania Unidos da Tijuca, no Morro do Borel, no Rio, o lançamento do projeto da Moeda Social Carioca, um dos principais projetos de Benedita da Silva para reduzir a desigualdade no município do Rio. Inspirada na experiência vitoriosa da Moeda Social Mumbuca de Maricá, a Moeda Carioca será implementada em comunidades como a do Borel, ajudando tanto a população mais carente a sobreviver com dignidade, quanto ao pequeno comércio local.

Em Maricá, o Cartão Mumbuca já atende a 42.500 pessoas, que estão recebendo 300 Mumbucas por mês (valor aumentado para ajudar a combater os efeitos negativos da pandemia de Covid-19). No Rio, a Moeda Carioca será implantada inicialmente com 350 mil beneficiados.

“Se tem algo que já provou eficiência na transformação da vida das pessoas, é a Moeda Social Carioca que você vai criar na cidade do Rio”, afirmou Fabiano. “A Moeda Social Carioca vai ser exatamente o que a gente fez em Maricá com a Moeda Social Mumbuca, um cartão eletrônico que o comércio do bairro recebe, que toda a dinâmica e todos os serviços do bairro são credenciados e esse recurso que mensalmente é transferido aos beneficiários, só pode ser gasto na comunidade”, prosseguiu Fabiano.

A forma prática e eficiente como o recurso entrar na economia local é um dos principais atrativos do Cartão Mumbuca. A aceitação no comércio é tal que em Maricá já são 6 mil máquinas de débito aceitando Mumbuca, contra metade das máquinas comuns. Isso trouxe estabilidade econômica e segurança, com reflexos positivos principalmente no combate à pandemia, já que as pessoas puderam cumprir o isolamento social com mais tranquilidade.