Notícias de MaricáPonta Negra

Moradores reclamam de baderna em Ponta Negra

Da redação / João Henrique – O clima de paz e tranquilidade já não é mais o mesmo em Ponta Negra, balneário de Maricá, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Moradores da região tem relatado o aumento da baderna não só na praia, mas também no canal e na praça do bairro, mesmo em tempo de pandemia. Em alta temporada o bairro enche, principalmente de visitantes que não se hospedam no local e não possuem casas de veraneio.

O trânsito é outro caos! Com a ponte principal danificada e permitindo apenas a passagem de carros, motos e pedestres, nem os orientadores de trânsito conseguem controlar o fluxo. Sem controle ou fiscalização, a bagunça toma conta do bairro. Outro problema é um prédio abandonado na orla, que já foi interditado pela prefeitura. O local é ponto de consumo de drogas e práticas sexuais durante o dia e à noite.

Construção abandonada em Ponta Negra.



Aumento da violência

Os moradores têm relatado também o aumento no número de roubos na região, que possui um DPO da Polícia Militar. Com baixo efetivo e muita gente no local, os policiais de serviço não conseguem dar conta do policiamento de toda a região.

Exemplo de Búzios

A prefeitura de Armação dos Búzios, famosa por suas praias, criou um sistema por QRCode em que somente trabalhadores, moradores e visitantes com comprovação de hospedagem podem ter acesso, para evitar aglomeração das praias. Para isso, barreiras foram montadas nos acessos da cidade, verificando carro a carro a comprovação.

(Foto: João Henrique / Maricá Info)

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo