19 C
Maricá
sexta-feira, agosto 12, 2022

Maricá FC inicia preparação de olho na Copa do Brasil

O tão aguardado ano de 2022 chegou para o Maricá Futebol Clube, que pela primeira vez participará de uma competição nacional. A partir de fevereiro a equipe disputa a Copa do Brasil com a promessa de “fazer barulho”. Essa é a projeção do treinador Marcus Alexandre Cravo, que vai para a quarta temporada no cargo.

Parte do elenco que alcançou a vaga na competição nacional foi mantida e contratações pontuais foram realizadas. Agora é colocar em prática a filosofia de trabalho de olho na temporada, que também reserva mais duas competições: Campeonato Carioca Série A2 e Copa Rio.

– Por conta da Copa do Brasil tentamos voltar o mais rápido possível para ter um tempo maior de preparação. Encontramos dificuldade na montagem do elenco, mas apresentamos o projeto, o calendário satisfatório e conseguimos trazer atletas interessantes. Com certeza vamos fazer barulho na Copa do Brasil. Contratamos nomes que realmente queríamos – comemora Marcus.

O sorteio que apontará os confrontos da primeira fase da Copa do Brasil acontece no próximo dia 17. O Maricá, no entanto, já sabe que irá encarar os adversários do Pote C, que possui camisas tradicionais do futebol nacional como Guarani-SP, Criciúma-SC, Paysandu-PA, Figueirense-SC, entre outros.

– Estávamos esperando um pote até mais complicado. Pensamos de encarar Grêmio, Cruzeiro, Vasco, times de ainda mais torcida. Foi até um alívio não pegar essas equipes, que têm um investimento muito mais alto – explica Marcus Alexandre, que lembra: para avançar à segunda fase, só a vitória interessa.

– Temos o Guarani que é muito forte, o Sampaio Corrêa com investimento alto, Náutico, Paysandu… mas podemos fazer um grande jogo e conseguir a classificação. É difícil porque vamos jogar em casa, mas tendo que ganhar. A Copa do Brasil sempre nos reserva surpresas. Tem sempre um azarão tirando um grande e o Maricá entra querendo ser esse azarão.

“Seremos favoritos no Campeonato Carioca”

Além da Copa do Brasil, o Maricá também olha com atenção para a segunda divisão do Campeonato Carioca, a Série A2, que começa em maio. Conseguir a única vaga de acesso para a elite é uma meta inegociável, segundo Marcus.

– O Maricá vem para conseguir o acesso. Contratamos para isso e vamos monitorar os Estaduais. Se tivermos condições de buscar mais reforços, vamos trazer. É muito difícil, o acesso é para um clube só, mas o Maricá se coloca como favorito. Não podemos esconder isso. O Maricá vem batendo na trave para o acesso e não teria como não se colocar como favorito – afirma o comandante, finalizando em seguida.

– O jogador precisa ter a ideia do que se busca no clube, que não está para brincadeira. O Maricá chegou para ficar. Tem objetivos de se tornar a quinta força do estado do Rio. O clube tem o sonho de alcançar esse posto. E não subir por mais um ano vai nos atrasar nessa meta.

Na comissão técnica, Marcus Alexandre Cravo repetirá a parceria de longa data com o preparador físico Alan Ribeiro, o treinador de goleiros Charles Paes e o auxiliar André Lima. A novidade fica por conta de Silvestre dos Anjos, ex-Vasco e Araruama, que chega para também cumprir a função de auxiliar.

spot_img
spot_img
spot_img