Início Maricá Maricá realiza “Blitz da Saúde”

Maricá realiza “Blitz da Saúde”

O tema da campanha deste ano é “Educação e Prevenção do Diabetes”.

A prefeitura de Maricá, através da secretaria de Saúde, realiza, nesta sexta-feira (12/11), uma “Blitz da Saúde”, na Praça Orlando de Barros Pimentel, das 9 às 14 horas. Durante esse evento, que é alusivo ao Dia Mundial do Diabetes, comemorado no dia 14 de novembro, serão oferecidos vários serviços gratuitos à população, como avaliação de glicemia (taxa de glicose no sangue), verificação da pressão arterial, higiene oral, verificação do índice de massa corporal (IMC), orientação nutricional e ações educativas dos programas de saúde, como o Hiperdia (Programa de Hipertensão e Diabéticos), Atenção à Saúde do Idoso, o Bolsa família, Saúde da Criança e Adolescente, Antitabagismo, Educação em Saúde e o Núcleos de Apoio à Saúde da Família (Nasf), entre outros.

Segundo dados da Associação Brasileira de Diabetes (ABD), existem no Brasil cerca de 13 milhões de pessoas portadoras de diabetes, cerca de 7,6% da população. O mais preocupante é que, desse total, 50% não sabem que possuem a doença. Os dados estatísticos apresentados comprovam a preocupação de médicos e agentes de saúde em realizar diagnósticos precoces da doença e, dessa forma, tentar impedir as principais complicações decorrentes do não controle dos níveis de glicose no organismo.

Doença pode causar cegueira – Dentre as principais ameaças à saúde do diabético estão a retinopatia diabética, responsável por 2% dos casos de cegueira no mundo; a nefropatia diabética, que causa insuficiência renal em cerca de 25% dos diabéticos tipo I e de 5% a 10% dos tipo II, de acordo com a Sociedade Brasileira de Nefrologia, e a neuropatia diabética, responsável por, aproximadamente, 30 mil amputações realizadas por ano no país, segundo dados da Sociedade Brasileira de Medicina e Cirurgia do Pé (SMCP).

O tema da campanha deste ano é “Educação e Prevenção do Diabetes”. E justamente a falta de informação tem sido a principal causa de prejuízos na qualidade de vida do diabético. Para os médicos e especialistas sobre a doença, o conhecimento e controle adequado são os principais meios de prevenir complicações e traumas, e ter uma boa qualidade de vida.
[Fonte: SECOM]
[Texto: Denilson Santos
Foto: Divulgação Governo Federal]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui