terça-feira, 27 outubro, 2020
22.5 C
Maricá

Chuvas deixam moradores de Itaipuaçu sem transporte



Um dia após ao “atolamento” dos ônibus da viação nossa senhora do amparo na Rua 1 em Itaipuaçu, hoje os moradores de Itaipuaçu enfrentaram mais um problema que foi a falta de transporte. Os ônibus depois do ocorrido ontem à noite não estão trafegando em um trecho. Os ônibus não estão passando na Rua 1 por causa do péssimo estado da via. Os ônibus que vem do Rio, Niterói e Maricá com destino ao Recanto de Itaipuaçu entram na Rua 1, vão até a avenida 2 e voltam para a estrada de Itaipuaçu, no posto golfinho até o Recanto. Os ônibus que saem do Recanto em direção à Inoã vão até a futura rodoviária da Rua 1, contornam e voltam para a rua 34 e vão até o barroco para entrar na estrada de Itaipuaçu e chegar “quem sabe” até Inoã. 

A prefeitura de Maricá decidiu tentar hoje após muito tempo amenizar o estado de calamidade pública em que se encontra a Rua 1 em Itaipuaçu mandando máquinas para tentar “dar um jeito”.


O caos em Itaipuaçu chegou à pontos inaceitáveis.  A falta de manutenção nas ruas fez com que a volta pra casa de alguns maricaenses ontem fosse bastante longa.

Na noite de ontem (18/05) por volta das 19 horas na rua 1 altura do quebra-galho, onde por diversas vezes fomos até o local mostrar a situação, um caminhão atolou e fechou a rua 1, e nenhum veículo passava pela via. Os ônibus e carros ficaram sem alternativas tendo que usar ruas secundarias para tentar chegar ao seu destino. Dois ônibus da Viação Nossa Senhora do Amparo, um vindo do Rio e outro de Niterói fizeram este desvio e atolaram um na rua 44 e outro na rua 2. 

Não se tinha condições de sair pela porta do ônibus, então alguns saíram pela janela. É o que relata um passageiro:
“- O caminhão tava atolado e o ônibus foi desviar, nisso ele atolou também na outra rua. Rua deserta e sem iluminação. Alguns que moravam perto pra tentar sair do ônibus, com rapidez saíram pela janela porque não se tinha como sair pela porta. Até chegar o reboque demorou muito tempo. A situação de Itaipuaçu é de calamidade pública. O prefeito Quaquá, esqueceu dos moradores.” Desabafou.
[Fonte: Lei Seca Maricá]


Pode-se entrar em Itaipuaçu pela Estrada dos Cajueiros também, mas veja o vídeo na Rua 36: 

79,366FansLike
27,269FollowersFollow
2,774FollowersFollow
1,700SubscribersSubscribe