Polícia civil fecha fábrica de argamassa em Maricá

Com base em denúncia realizada na reunião do Conselho Comunitário de Segurança do Município de Maricá, realizada nesta última segunda feira, a Secretaria de Ordem Pública do Município com ajuda da Guarda Municipal e policiais da 82ª DP, Maricá, realizaram diligências no bairro de Inoã, na Rua Piratiny e verificaram irregularidade no funcionamento do depósito e de uma fábrica de argamassa.

Em razão desses fatos o Delegado Titular da delegacia de Maricá, Roberto Gomes Nunes, após a realização de perícia determinou a interdição de um depósito de areia bem como da

fábrica de argamassa chamada Amaral Filtragens Fraturamento Ltda, em razão da suspeita de crime ambiental e pela falta de apresentação de documentação para funcionamento regular.


O Delegado informou que as reuniões realizadas pelo Conselho Comunitário de Segurança (CCS) têm sido muito positivas, já que tem aumentado a participação dos representantes locais e da população, os quais estão contribuindo com denúncias de fatos delituosos verificado em seus bairros.

O delegado também informou que tão logo seja apresentada a documentação pertinente a interdição será levantada. Com informações do blog Barão de Inohan.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here