Início Itaipuaçu Morte é associada à grupo de extermínio

Morte é associada à grupo de extermínio

A morte de Diego Fabrício Souza Silva, 20 anos, cujo corpo foi encontrado na manhã de sexta-feira, 29, na Rua 15, esquina com Estrada dos Cajueiros, em Itaipuaçu, pode estar ligada a um grupo de extermínio que atua na região.

De acordo com policiais da 75ª DP (Rio do Ouro), que investigam o caso, Diego, que é morador da Estrada de Santa Isabel, (Rua B), teria sido retirado de casa por volta das 21h, por quatro homens, que chegaram ao imóvel em um Fiat Palio de cor preta e teriam se identificado como policiais.


Diego, seria morador do Boassu, em São Gonçalo, e não tinha antecedentes criminais. Ele vestia com a calça jeans arriada até o joelho e blusa azul.

As circunstâncias e a motivação do crime ainda são desconhecidas. A hipótese de execução não foi descartada.

Um morador que passava de bicicleta viu o corpo e avisou a polícia. Agentes da 82ª DP (Maricá) investigam a possibilidade de o corpo ter sido desovado no local, já que não havia marcas de sangue. Com informações do Jornal O São Gonçalo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui