DER inicia recuperação de passarela em São José

Depois de tantas matérias sobre o estado caótico da passarela, o DER-RJ (Departamento de Estradas de Rodagens do Rio de Janeiro) iniciou a recuperação da passarela, onde, moradores se arriscavam a passar por conta de seu estado.


O progresso da Região dos Lagos (Costa do Sol) trouxe a necessária duplicação da Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), pois o trânsito na via a cada ano ficava mais intenso, os engarrafamentos eram constantes, principalmente nos feriadões como: Carnaval, páscoa, 7 de setembro, natal, fim de ano, entre outros. No projeto inicial, além da duplicação de 28 kms, com o trecho entre o Km zero em Arsenal, São Gonçalo, até a 2ª entrada de Maricá, conhecida como Flamengo, também constavam diversas passarelas em Maricá.

 A primeira passarela no município só foi construída após um grande protesto de moradores indignados com os constantes atropelamentos na rodovia. A via foi interrompida com a queima de diversos pneus e com a presença dos moradores na mesma gritando palavras de ordens e cobrando a promessa da passarela. E ainda temos que lembrar as varias solicitações de populares junto aos diversos órgãos públicos. Desde a sua inauguração a passarela nunca havia passado nem por manutenção ou reforma. 
A muito tempo o seu estado era lastimável, partes do guarda-corpo caindo na pista, levando um grande risco se acertassem um carro ou um motoqueiro em alta velocidade, com certeza iria ocasionar um grave acidente, devido até a proximidade do ponto de ônibus. Os transeuntes que utilizam do corrimão não sabem que correm o risco de contraírem tétano, isto devido ao grau de ferrugem e as pontas de ferros a mostra. O piso está cheio de areia, o que impede o escoamento da água em dias de chuva, a passarela vira uma verdadeira lagoa.


 Conforme informação do responsável da recuperação da passarela, no momento da visita do IMBASSAÍ Noticiado, a previsão se tudo correr bem, é que ela seja entregue totalmente recuperada em cinco semanas, ou seja, por volta do inicio de março.
[Com informações: Imbassaí Noticiado]

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here