domingo, 9 agosto, 2020
22.5 C
Maricá

Cadela agredida em São José procura um lar para ficar

Uma cadela foi agredida pela sua ex-dona no bairro de São José do Imbassaí. Ela foi denunciada por maus-tratos pelos seus vizinhos, que filmaram a agressão e a levaram na 82ª Delegacia de Polícia.

Em posse das imagens, o delegado titular Dr. Henrique Pessoa enviou uma equipe de policiais à residência da agressora no loteamento Mutirão, em São José do Imbassaí, onde a acusada foi encaminhada para a unidade de polícia civil da cidade. Foi solicitada a presença de duas protetoras de animais (Cassia Martins e Denize) para achar um lar temporário para o animal agredido.

Cadela 'Cacau' em busca de adoção. (Foto: Divulgação)
Cadela ‘Cacau’ em busca de adoção.
(Foto: Divulgação)

A cadela, que foi apelidada provisoriamente de Cacau está para a adoção em um lar temporário em Jaconé, e quem quiser adotá-la deve ligar para o telefone da protetora animal: (21) 9803-8360 [Cassia Martins]. A cadela já foi vermifugada e vacinada e será entregue castrada.

Agredir animais é crime (Art. 32 da Lei Federal nº 9.605 de 1998 – Lei de Crimes Ambientais). Denuncie e não esqueça de levar anotada o número da lei, pois geralmente a autoridade policial não tem o conhecimento da mesma.

As imagens foram disponibilizadas nesta quinta-feira (15) para o Maricá Info, veja clicando aqui.

– Tenho medo de denunciar pois isso poderá causar problemas para mim e para as testemunhas, como ameaças, agressões, etc”.
Não tenha medo, você não será o autor do processo judicial que porventura seja aberto a pedido do promotor.

O Decreto 24.645/34 diz, em seu artigo 1° e 2º (parágrafo 3°):
“Todos os animais existentes no País são tutelados pelo Estado”;
“Os animais serão assistidos em juízo pelos representantes do Ministério Publico, seus substitutos legais e pelos membros das Sociedades Protetoras dos Animais”.

78,600FansLike
27,269FollowersFollow
2,726FollowersFollow
984SubscribersSubscribe