Abastecer com gasolina deverá ficar mais caro até dezembro. (Foto: Renato Araújo | Agência Brasil)

Para garantir a economia, motorista precisa pesquisar, já que preço do combustível, em um mesmo bairro, pode variar 7%. Dados são da Agência Nacional de Petróleo.

Enquanto os rumores sobre uma possível alta no preço da gasolina não se consolidam, o motorista que mora ou passa pelo município de Maricá pode optar pelo combusível em vez do etanol.

Maricá: Abastecer com gasolina é mais vantajoso do que com etanol.
Maricá: Abastecer com gasolina é mais vantajoso do que com etanol.

De acordo com dados da pesquisa semanal, divulgada pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis(ANP), referente à semana entre 18 e 24 de agosto, o valor médio do litro do etanol no município corresponde a 77% do preço médio da gasolina. Para ser mais vantajoso, o álcool deve custar, no máximo, 70%. Foram pesquisados 11 postos da região.

No entanto, para garantir a economia, é preciso pesquisar, pois a diferença no preço da gasolina em um mesmo bairro pode chegar a 7%. Se o consumidor encher o tanque de 50 litros, a diferença pode chegar a R$ 10.

De acordo com a pesquisa da ANP, a gasolina mais barata de Maricá pode ser encontrada no Posto 318 Revenda de combustíveis, de bandeira branca, em Inoã e no Piedras Del Mar, também de bandeira branca, em Itapeba. O litro do combustível em ambos estabelecimentos custa R$ 2,799 (R$ 139,95 para encher o tanque de 50 litros).

Já o posto mais caro foi o Aleluia, da BR Distribuidora, também em Inoã, cujo litro custa R$ 2,999 (R$ 149,95 para encher o tanque).O levantamento mostra que o preço médio da gasolina no município registrou R$ 2,935.

Já a média do preço do etanol é de R$ 2,266. Os bairros de Inoã e Itabepa comercializam o combustível com o preço mais em conta. Nesses dois locais, o litro do etanol é vendido a R$ 1,999 (R$ 99,95 para encher um tanque de 50 litros).

Esse valor é praticado nos postos 318 Revenda de combustíveis de bandeira branca e no Piedras Del Mar.

Para o motorista que estiver em Itaipuaçu e precisar abastecer com o etanol terá que desembolsar um pouco mais, pois o litro do combustível é comercializado a R$ 2,299 no posto Braga, que possui bandeira branca.

Também não vai economizar quem estiver em Barra de Maricá: o posto Gaivota de bandeira IPP vende o etanol a R$ 2,390 (R$ 119,50 para encher um tanque).

O centro da cidade também é o local que vende o etanol mais caro.  O auto posto Nossa Senhora da Penha de França da BR Distribuidora e o posto dos Motoristas de bandeira IPP o litro do combustível sai a R$ 2,399 (R$ 119,95 para encher o tanque de 50 litros).

Cálculo

Segundo economistas, abastecer o carro com etanol é vantajoso quando o álcool custa menos do que 70% do preço da gasolina. Para fazer a conta, basta multiplicar o preço da gasolina por 0,7. Se o resultado for inferior ao preço do álcool oferecido pelo posto, é mais vantagem abastecer com o etanol.

A regra leva em conta o fato de o consumo de gasolina ser menor do que o de álcool e o rendimento no carro ser diferente.

Dicas da ANP

Para evitar o abastecimento do veículo com combustível adulterado,  consumidor deve exigir sempre a nota fiscal para garantir o conhecimento da origem do combustível em seu tanque.

Além disso, podem ser verificadas outras obrigações do posto, tais como placa da ANP visível com o telefone do Centro de Relações com o Consumidor, bandeira do posto, marca da distribuidora no caminhão que abastece o posto igual à informada na bomba.

Também é possível solicitar ao posto revendedor de combustível que faça o “teste da proveta”, que verifica o teor de etanol na gasolina. Esse teste, quando solicitado pelo consumidor, é obrigatório para o posto revendedor de combustíveis, conforme a Resolução ANP nº 9, de 7 de março de 2007.

Desde 1º de outubro de 2011, o percentual obrigatório de etanol anidro combustível na gasolina é de 20%, sendo que a margem de erro é de 1% para mais ou para menos.

Em caso de suspeita de adulteração dos combustíveis, o consumidor pode denunciar o posto revendedor de combustível à ANP na seção Fale conosco ou pela Central de Atendimento 0800 970 0267. Mais informações no site: www.anp.gov.br.

 

O Fluminense. Lislane Rottas.

Deixe uma resposta

Escreva seu comentário!
Digite seu nome