Prefeitura e Senai implantam novos cursos profissionalizantes em Maricá

Prefeitura e Senai implantam novos cursos profissionalizantes em Maricá.

A Prefeitura de Maricá – através das secretarias de Trabalho e Emprego e Desenvolvimento Econômico – formou parceria com o Serviço Nacional da Indústria (Senai), para ministrar, a partir de maio, cursos profissionalizantes gratuitos na cidade.

Na última terça-feira (25/03), a secretária de Trabalho e Emprego, Fátima Pacheco, e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Lourival Casula, se reuniram com o coordenador do Senai, Washington Cruz, presidentes das associação de moradores e lideranças populares, na Associação de Moradores e Amigos do Recanto de Itaipuaçu (AMARI), para discutir o Programa de Qualificação na cidade, com cursos na área de Construção Civil.

De acordo com a Secretaria de Trabalho e Emprego, ao todo, são 300 vagas destinadas para os cursos de Eletricista de Obras, Pedreiro de Alvenaria, Aplicador de Revestimento Cerâmico, Montador de Painéis Elétricos, Aplicador de Revestimento Cerâmico e Auxiliar Administrativo.

Mão de obra local

Na reunião, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Lourival Casula, exibiu o vídeo institucional da Prefeitura, que mostra projetos mirabolantes e irreais para os próximos anos. Em relação aos projetos apresentados, segundo ele, há a necessidade da preparação e qualificação da mão de obra local. Veja aqui (https://www.youtube.com/watch?v=X7AZdvUptPI) o vídeo institucional.

A secretária de Trabalho e Emprego, Fátima Pacheco, declarou que busca desenvolver um trabalho em conjunto com demais secretarias municipais e que “a parceria com a comunidade é imprescindível”.

A meta é qualificar profissionalmente 1.500 pessoas ainda esse ano, através dos cursos que serão implantados. A exigência do governo municipal, após a execução dos projetos, é que empreiteiras devem contratar, no mínimo, 40% da mão de obra local. De acordo com Fátima Pacheco, os cursos apresentados são muito procurados. “Se fossem pagos, teriam um custo em torno de R$ 1.500,00 por aluno. É uma oportunidade que não se deve perder”, declarou.

O presidente da Amari, Ricardo Gutierrez, ressaltou a importância da participação das associações de moradores, condomínios, escolas e organizações civis para a formação dos cursos que atendam melhor a comunidade.

Serviço

As inscrições para os cursos gratuitos na área da Construção Civil estarão abertas a partir de abril e serão realizadas no Terminal Rodoviário de Itaipuaçu, com início para maio. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here