Porque parou? Obra do posto de saúde de Cordeirinho está parada há seis meses

Porque parou?’ é uma série de reportagens do ‘Maricá Info’ que começa nesta quarta-feira (26/11). As matérias vão ao ar semanalmente, às quartas-feiras.

Reportagem: João Henrique – Moradores do loteamento Marinelândia, no bairro de Cordeirinho, ficaram animados com o começo das obras de um posto de saúde UBS (Unidade Básica de Saúde), em agosto de 2013. A obra é realizada por uma empresa privada tem a participação do Governo Federal e da Prefeitura de Maricá.

Mas os moradores estão incomodados com as obras paradas há cerca de seis meses. O posto de saúde virou, segundo moradores, local para o consumo de drogas e representa um perigo durante à noite. “Precisamos deste posto de saúde pra ontem. Quando procuramos o posto de Bambuí, a demora é grande para conseguir uma consulta e é longe da minha casa, na rua 120.” Disse Luciene Souza, de 26 anos, moradora de Cordeirinho e que leva a filha de quatro anos regularmente ao médico, em Bambuí.

A unidade de saúde tem como valor previsto para a obra de R$302.478,60 com recursos do PAC2, mas na placa que havia sido colocada no início da obra, há mais de um ano, não mostrava a data prevista para o término. O posto atenderá, quando estiver pronto, a moradores de Bambuí e Cordeirinho.

Entramos em contato com a Prefeitura de Maricá e questionamos: – Porque parou?

De acordo com a resposta encaminhada à nossa redação, a “Secretaria Municipal de Saúde aguarda o envio do repasse de verbas do Ministério da Saúde para que seja dada continuidade às obras do posto de Cordeirinho”. A Prefeitura não informou se há data prevista para o retorno das obras, que já estão quase no fim, só faltando acabamentos e mobiliário.

Segundo o Portal da Transparência do Governo Federal, foram repassados R$390 mil para a Construção e Ampliação de Unidades Básicas de Saúde – UBS em Maricá neste ano, mas a página não especifica para qual unidade é destinado a verba.

“Porque parou?” volta na próxima quarta-feira esclarecendo o motivo de mais uma obra pública ter parado. Envie sugestões, dicas ou críticas para o nosso Whatsapp (21) 99621-9049 ou para o nosso e-mail: [email protected]

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here