sábado, 10 abril, 2021
24 C
Maricá

Protestos por falta de energia elétrica marcam o Carnaval em Maricá

O Carnaval 2015 em Maricá foi marcado pela grande quantidade de protestos contra a concessionária de energia elétrica, Ampla, que é responsável pelo fornecimento de energia em casas e comércios de grande parte dos municípios fluminenses.
De Itaipuaçu à Jaconé, moradores e visitantes protestaram contra a falta de luz, chegando a fechar rodovias e estradas que cortam a cidade para chamar atenção ao problema, que afetou milhares de moradores.

“Ficamos mais de 48 horas sem luz em casa. Alimentos estragando, não conseguimos dormir direito no calor e sem contar que minha filha que tem problema respiratório não pôde utilizar o nebulizador.” Disse a moradora da Mumbuca, Maria Eugênia Pessoa, de 31 anos.

Protesto realizado no Centro de Maricá reuniu mais de 50 pessoas. (foto: Lucas Marins)
Protesto realizado no Centro de Maricá reuniu mais de 50 pessoas. (foto: Lucas Marins)

Em Itapeba, moradores fecharam a principal rodovia da cidade, a RJ-106. Em Jaconé, parte da estrada RJ-102 também foi fechada por protestos. Em Itaipuaçu, a Estrada de Itaipuaçu foi bloqueada por moradores que se manifestaram. Ambos os protestos eram pacífico e tinham a única intensão de resolver o problema da falta de luz.

Os protestos se iniciaram no dia 16 de fevereiro, quando moradores da região central fecharam a principal avenida do Centro de Maricá em frente à sede da Ampla para chamar a atenção para o problema.

Centenas de ações estão sendo impetradas na justiça em face a empresa concessionária de energia elétrica, que alegou que o problema se deu devido ao temporal dos últimos dias, onde afetou diversas linhas de transmissão de energia.

Apoie o 'Maricá Info'!

Apoie o JORNALISMO INDEPENDENTE. Clique aqui, faça uma contribuição mensal e ajude-nos a manter o nosso trabalho.

Maricá
céu limpo
24 ° C
25 °
23 °
61 %
1kmh
0 %
dom
27 °
seg
30 °
ter
25 °
qua
26 °
qui
23 °
spot_img