sábado, 4 julho, 2020
22.5 C
Maricá

Suposto tarado é flagrado em ônibus da Amparo

Um vídeo publicado nas redes sociais e um possível flagrante de assédio sexual. Um homem que aparenta ser um idoso viaja em um coletivo rodoviário da Viação Nossa Senhora do Amparo com as mãos no banco da frente. De acordo com a autora do flagrante, o homem tenta passar a mão na mulher que está no banco frontal e que ele também já tentou fazer o mesmo com a autora do vídeo.

O registro foi o primeiro feito de uma série de casos comentados de que o mesmo homem estaria abusando das mulheres. Ele viaja durante as manhãs e embarca no ônibus da linha Recanto x Niterói na altura do Sacolão dois Irmãos, na Estrada de Itaipuaçu.

De acordo com Anna Maria Quintanilha, presidente do Conselho Comunitário de Segurança de Maricá, quem tiver sido vítima deste senhor deve anotar o número do ônibus e o horário, ir à delegacia e fazer o registro de ocorrência. “Peça ao Delegado para solicitar a filmagem da câmera do ônibus. Caso esteja dentro do ônibus e ele importunando, peça ao motorista para parar em frente ao BPRV [polícia rodoviária] ou acionar qualquer viatura da polícia militar que esteja por perto.” Instruiu.

Ainda de acordo com a presidente do Conselho Comunitário de Segurança de Maricá, “é importante também fazer uma queixa na Empresa para que alertem aos motoristas sobre “essa criatura” e quando ele pegar o ônibus, fiquem atentos a qualquer movimento de passageiros que se sintam incomodados por eles. O Motorista deve pedir ajudar da polícia. O fato dele ser idoso não lhe dá o direito de fazer o que quer.”

“A violência contra a mulher no transporte público sempre aconteceu, mas não era divulgada. A novidade agora é o aumento dessa violência na medida em que essas filmagens são compartilhadas, estimulando e divulgado o assédio sexual, como se fosse entretenimento para os homens no metrô e no ônibus.”, denuncia Sônia Coelho da ONG Sempreviva Organização Feminista.

A pena para esse tipo de assédio é de multa, mas se a vítima for forçada a ter alguma conduta sexual, o crime passa a ser de estupro, e a pena é de seis a dez anos de prisão.

78,415FansLike
27,269FollowersFollow
2,718FollowersFollow
984SubscribersSubscribe