sábado, 6 junho, 2020
22.5 C
Maricá

Prefeitura de Maricá realiza seminários sobre saneamento em Ponta Negra e Centro

Por Rafael Zarôr

Encontros acontecem nesta segunda-feira (16/03) com moradores para elaboração do plano municipal de água, esgoto, drenagem e resíduos

Após reunir informações dos moradores de Itaipuaçu e Inoã, a Prefeitura realizará mais dois seminários do Plano Municipal de Saneamento Básico de Maricá. Os próximos encontros acontecerão nesta segunda-feira (16/03) nos distritos de Ponta Negra (EM Reginaldo Domingues dos Santos – Rua São Pedro Apóstolo, das 9h às 11h) e Centro (Casa Digital – Praça Dr. Orlando Barros Pimentel, das 14h às 16h). Os eventos são gratuitos e é de extrema importância a participação da população, que identificará os problemas e elegerá as prioridades de investimentos para drenagem, abastecimento de água, esgoto e destinação dos resíduos em seus distritos.
Executado com recursos próprios, o plano reúne dados técnicos necessários para o planejamento de obras, a obtenção de recursos e a execução de projetos em coleta e tratamento de esgoto; abastecimento de água; drenagem de águas pluviais e destinação adequada de resíduos sólidos, entre outras soluções. A empresa de consultoria Conen Infraestrutura Urbana, contratada pelo município, apresentará um relatório específico para cada distrito. Na última quarta-feira (11/03), foram realizados seminários com os moradores de Itaipuaçu e Inoã, que definiram as prioridades de saneamento para suas regiões.
Todas essas informações coletadas serão discutidas em uma audiência pública, ainda sem data definida. A partir desta segunda-feira (16), a empresa contratada pela Prefeitura disponibilizará no site (www.pmsbmarica.wordpress.com) uma consulta pública por 30 dias, onde poderão ser incluídas propostas ao projeto municipal.
Estabelecido pela Lei Federal 11.445/07, o plano é um importante instrumento de planejamento municipal que estabelece diretrizes para a prestação dos serviços de abastecimento de água potável, esgotamento sanitário, drenagem e manejo das águas pluviais urbanas e limpeza urbana e manejo dos resíduos sólidos. Desde outubro de 2014, um grupo técnico de estudo – com representantes do Executivo, Legislativo, órgãos ambientais, sociedade civil, Subcomitê da Bacia Lagunar de Maricá, Conselho Comunitário de Segurança Pública, Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) e Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) – em parceria com a empresa de consultoria Conen, traça um diagnóstico do município, verificando o sistema atual e propondo soluções para o plano.

78,029FansLike
27,269FollowersFollow
2,717FollowersFollow
984SubscribersSubscribe