Início Notícias de Maricá Avenida Maysa, em Maricá, em péssimo estado de conservação

Avenida Maysa, em Maricá, em péssimo estado de conservação

Crateras aumentam a cada dia na RJ-102, em Maricá. (fotos: João Henrique / Maricá Info)

E não é a primeira, muito menos a segunda vez que viemos falar sobre o estado em que se encontra uma das principais vias turísticas da cidade, a Avenida Maysa (RJ-102), sob responsabilidade do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) Governo do Estado.
A avenida encontra-se hoje não com buracos, mas com crateras que colocam em risco motoristas e pedestres, que por sinal, são obrigados a trafegar pela rua pela inexistência de calçadas. O estado de calamidade é sentido por comerciantes, que amargam prejuízos com a rua intransitável e cheias de crateras.

Comerciantes amargam prejuízos devido ao estado da rodovia. (fotos: João Henrique / Maricá Info)
Comerciantes amargam prejuízos devido ao estado da rodovia. (fotos: João Henrique / Maricá Info)

Não tem como contar a quantidade, mas é difícil trafegar pois mais de 100 metros sem passar por um enorme buraco na Avenida Maysa. A Prefeitura de Maricá até que tentou fazer uma operação tapa-buracos, mas como não houve continuidade por se tratar de uma área do Governo do Estado, as crateras voltaram a aumentar.
“Somos obrigados a trafegar na contra-mão em muitas partes pois há imensos buracos, que aumentam a cada chuva.” Disse o taxista Lucas Leal, de 39 anos.
De acordo com o comerciante Carlos Rodrigues, 43, um carro quase invadiu a sua loja em julho do ano passado quando tentou desviar de uma imensa cratera que engoliu metade da rodovia. “Depois disso coloquei essas madeiras para tentar sinalizar.” Disse.
Com o abandono da via, muitos motoristas arriscam trafegando na contra-mão na Antiga Estrada Beira-Lagoa (Avenida Reginaldo Zeidan), que é paralela à avenida Maysa. Lembrando que a av. Reginaldo Zeidan é mão única no sentido Maricá.
“Eu dirijo nessa Av. Maysa. todos os dia pra levar meus filhos na escola no centro de Maricá e não aguento mais tantos buracos, ou melhor, crateras. É nessas crateras que depositamos nosso IPVA. Uma vergonha!” Escrever Andrea Paiva para o Maricá Info.

Crateras espalhadas em toda extensão da Avenida Maysa (RJ-102), em Maricá. (fotos: João Henrique / Maricá Info)
Crateras espalhadas em toda extensão da Avenida Maysa (RJ-102), em Maricá. (fotos: João Henrique / Maricá Info)

No último encontro do prefeito Washington Quaquá (PT) com o governador do Estado Luiz Fernando Pezão, Quaquá reiterou o pedido feito pela prefeitura em janeiro de 2014 para que o poder público municipal passasse a administrar a RJ-102, do trecho da Barra de Maricá até Ponta Negra. O Governador Pezão sinalizou positivo, de acordo com o prefeito.
“Tive a oportunidade de conversar com o governador sobre o assunto e explicar qual é o meu projeto para aquela via, de asfaltar e remodelar. Ele respondeu informando que, da parte dele, não haveria qualquer problema. Agora vamos nos reunir novamente para ver a forma de conduzir esse processo. Vamos conversar mais ainda”, afirmou o prefeito.
“Eu moro na Av.Maysa e em frente de casa tive de virar dois carros de concreto para fechar uma cratera que ameaçava causar um grave acidente. Não ficou uma obra de arte ,mas pelo menos o buracão assassino eu consegui fechar. Pagamos IPTU para isso. O Governo do Estado nada faz e a prefeitura lava as mãos.” Disse Dirnei Guedes.

A cada chuva as crateras aumentam e colocam em risco a vida de motoristas e pedestres. (fotos: João Henrique / Maricá Info)
A cada chuva as crateras aumentam e colocam em risco a vida de motoristas e pedestres. (fotos: João Henrique / Maricá Info)

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui