Notícias de Maricá

Maricá: Beneficiários do Bolsa Mumbuca podem se recadastrar mesmo sem documentos

A Prefeitura informa aos beneficiários do programa Bolsa Mumbuca que o recadastramento poderá ser feito até o dia 28/11 mesmo sem a apresentação do CNIS (que deve ser obtido junto ao INSS) e sem o documento de cadastro no CADUNICO.  Para a atualização, basta apenas comparecer a qualquer um dos postos de recadastramento instalados pela Secretaria Municipal Adjunta de Economia Solidária na cidade. O prazo para o cumprimento da exigência é de 60 dias, enquanto isso o cadastro ficará com a pendência. A Prefeitura garante que todos os beneficiários serão atendidos até o fim do prazo do recadastramento.

Primeira moeda social com cartão de débito do país, o programa da Bolsa Mumbuca é um dos compromissos do governo com as políticas sociais. Junto com a Tarifa Zero – o transporte gratuito fornecido pelos ônibus vermelhinhos da EPT – e os cursos de qualificação, além de outras iniciativas, forma a base para a transformação que Maricá vem sofrendo, com benefícios para todos. 

Locais de recadastramento

Complexo Poliesportivo Leonel Brizola – Av. Roberto Silveira, s/nº – Flamengo;

E.M. Joana Benedicta Rangel – Av. Nossa Senhora do Amparo, 240 – Centro;

E.M Caic Elomir Silva – Av. Guarujá, Lote 1 – São José do Imbassaí;

Cordeirinho Futebol Clube – Estrada de Cordeirinho, s/nº – Cordeirinho;

Esporte Clube Ponta Negra – Rua Moacir Vale dos Santos, s/nº – Ponta Negra;

Igreja Assembleia de Deus – Rua Elias da Cruz, s/nº – Inoã;

Residencial Carlos Alberto Soares de Freitas – Rua Leonardo José Antunes – Inoã;

Residencial Carlos Marighella – Minha Casa Minha Vida – Rua Antônio Neiva, s/nº – Itaipuaçu;

E.M Marquês de Maricá – Rua 36, esquina com a Rua 83 – Itaipuaçu;

Separar Banners

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo