Maricá terá viveiro florestal em janeiro

Fotos: Fernando Silva

Por Sérgio Renato

Maricá vai ganhar um viveiro florestal municipal a partir de janeiro. O espaço está sendo preparado em uma área de aproximadamente mil metros quadrados ao lado do novo prédio administrativo do Caxito, onde fica a sede da Secretaria Adjunta de Meio Ambiente e de outros órgãos da administração pública. A estimativa é que sejam produzidas e acomodadas no local, que está sendo erguido com recursos próprios oriundos de compensações ambientais, cerca de 35 mil mudas por ano.

Entre as dependências no projeto, estão previstos uma grande estufa, um canteiro aberto, um local para processamento de sementes e um sistema automatizado para fornecimento de água. A ideia do secretário municipal adjunto Guilherme Mota,

Secretário Guilherme Motta apresenta o projeto do viveiro. (foto: Fernando Silva)
Secretário Guilherme Motta apresenta o projeto do viveiro. (foto: Fernando Silva)

responsável direto pela montagem do espaço, é criar também um mercado de sementes, na qual a secretaria poderá adquiri-las de produtores locais. “Nosso intuito é criar aqui mudas que estejam adaptadas às condições climáticas que Maricá oferece que são diferentes das de outros municípios do entorno. Desta forma, poderemos fornecer mudas com melhor qualidade genética”, avaliou Guilherme, que acredita num impulso ainda maior para o programa ‘Maricá+Verde’ após a implantação do viveiro.

O secretário disse ainda que no local haverá também capacitação de profissionais e ações de educação ambiental, voltadas para alunos da rede municipal de ensino.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here