Maricá: Moradores reclamam de abandono do poder público no Manu Manuela

A principal rua do loteamento Manu Manuela já revela o trato do poder público com os moradores do residencial localizado na rodovia Amaral Peixoto (RJ-106).

A Avenida do Canal tem mato com mais de 2 (dois) metros de altura, prejudicando tanto a visibilidade para motoristas, causando risco de acidentes, quando levando insegurança a pedestres, já que assaltos podem ser cometidos sem ser percebido por testemunhas ou até mesmo pela equipe de segurança que patrulha o loteamento.

As obras pararam! Em ruas do lado direito do canal que já foram asfaltadas, a prefeitura quebrou a pavimentação para trocar manilhas e deixou os buracos, que causa prejuízos a motoristas. Do outro lado do loteamento há esgoto a céu aberto, ruas com erosão e sem pavimentação alguma.

Entramos em contato com a Secretaria de Conservação, que informou estar com um número baixo de funcionário e de equipamentos para realizar a limpeza no bairro de São José do Imbassaí, dispondo de apenas duas equipes.

“Na hora de cobrar o IPTU eles sabem mandar o carnê, sabem fazer propaganda. Mas a verdade é que nós estamos abandonados aqui, sem limpeza, iluminação e pavimentação, sem contar a falta de segurança por parte do estado.” Comentou o analista financeiro Jorge Alberto Freire, de 47 anos.

Ruas com mato alto é o retrato do abandono do loteamento Manu Manuela. (fotos: João Henrique / Maricá Info)

2 COMMENTS

  1. AGUARDEM O RETORNO DELES GOVERNANTES NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES É DA O TROCO.

    Eles viram todos sorridentes com boas ideias trazendo todas as soluções para dentro do nosso município,
    Serão simpáticos,humildes,generosos querendo resolver todos os seus problemas.
    Viram cheio de vitalidade querendo te representar por mais 04 anos.
    QUERENDO TRABALHAR PARA VOCÊ INTENSAMENTE MAIS 04 anos.
    AGUARDE : Eles para sobreviver no quadro politico depende de VOCÊ.
    NAS ELEIÇÕES VOCÊ É A PESSOA MAIS IMPORTANTE PARA ELES TE REPRESENTAR.
    PENSE NISSO !!!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here