Início Educação Maricá poderá ter curso superior de Medicina Veterinária e Enfermagem

Maricá poderá ter curso superior de Medicina Veterinária e Enfermagem

Comissão técnica do MEC visitou instituições de ensino de Maricá. (Foto: Elsson Campos / PMM)

Uma comissão de avaliação do Ministério da Educação (MEC) esteve na cidade visitando a Faculdade Maricá, no Flamengo e o Colégio Cenecista, no Centro. O objetivo da inspeção das equipes técnicas foi avaliar a documentação, a infraestrutura e o corpo docente das instituições de ensino para credenciá-las de acordo com as regras do Programa Municipal Passaporte Universitário.

A secretária de Educação, Adriana Luiza da Costa, acredita que a reativação da universidade (antiga Severino Sombra) fará com que abra um leque maior de opções de cursos, principalmente para os alunos que moram em Maricá e têm que estudar em municípios vizinhos. “A Severino Sombra foi a universidade que acreditou na nossa cidade e está acreditando nesse potencial do nosso governo”, disse. “Com o Programa Passaporte Universitário conseguiremos abrir um leque maior de ofertas de cursos para que os alunos possam ficar aqui na nossa cidade”, completou.

Na Faculdade Maricá, administrada pela Fundação Educacional Severino Sombra, a equipe composta por sete avaliadores visitou as dependências, inspecionou as condições técnicas para a abertura dos cursos de Medicina Veterinária e Enfermagem, além do credenciamento da instituição que funcionou no município e ficou por quatro anos em inatividade. “A expectativa é que até o final do mês as portarias de credenciamento e autorização dos cursos sejam publicadas para ofertamos o vestibular em março”, declarou o superintendente acadêmico da Fundação, Marcos Antônio Soares de Souza.

No caso do Colégio Cenecista, a instituição oferta cursos de graduação a distância (EAD). No entanto, para se adequar às regras do Passaporte Universitário, ela precisa oferecer cursos presenciais.

O Programa Passaporte Universitário tem o objetivo de diminuir as desigualdades de acesso ao ensino superior investindo na formação da população e na futura geração de novos profissionais no município. Inicialmente, serão destinadas mil bolsas de estudo para os cursos de graduação, sendo 50 para cursos de medicina para pessoas que moram, há pelo menos, cinco anos em Maricá.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui