Restinga de Maricá ganha placas informando proibições

Instalação de placa na APA da restinga - Foto: Katito Carvalho

Uma nova placa explicativa sobre a Área de Proteção Ambiental da Restinga de Maricá foi afixada nesta quarta-feira (06/02) na junção das avenidas Ivan Mundim e João Saldanha, entre a Barra de Maricá e a comunidade de Zacarias. A peça mostra aos visitantes a dimensão da APA e também o que pode e não pode ser feito dentro de seus limites. O ato, que marca o início da nova gestão também do Parque Estadual da Serra da Tiririca, teve a participação de representantes da Secretaria de Cidade Sustentável de Maricá e de outros integrantes do Instituto Estadual do Ambiente (Inea).

A nova gestora é a bióloga Sheila Rodrigues, que garantiu que haverá uma fiscalização duas vezes por semana em toda a área. Entre as restrições mostradas na nova placa estão a proibição do descarte de lixo e também o passeio de bugre em determinados pontos. “Vamos estar aqui para garantir um acesso que não prejudica o ecossistema, principalmente de plantas endêmicas, que só existem nesta região”, reforçou a gestora. Já Márcia Freitas, da Secretaria de Cidade Sustentável, afirmou que a parceria com o INEA será intensificada. “Queremos realizar mutirões de manejo e reflorestamento na APA”, projetou.

Além do que é proibido ou não na área de restinga, a placa tem ainda contatos para denúncias. Quem testemunhar alguma irregularidade e quiser relatar pode utilizar o telefone 2638-4411 ou pelo e-mail apamarica.inea@gmail.com.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here