Início Esportes Maricá: Bicampeã olímpica comanda clínica de vôlei com estudantes

Maricá: Bicampeã olímpica comanda clínica de vôlei com estudantes

A segunda-feira (10/06) foi de muito aprendizado e diversão para as crianças e adolescentes que estudam na rede municipal de ensino ou participam do projeto Esporte Presente, da Secretaria de Esporte e Lazer. A bicampeã olímpica Fabi Alvim, que se aposentou das quadras em abril do ano passado, esteve na Arena Flamengo (Complexo Esportivo Leonel de Moura Brizola) para interagir por meio de uma clínica de vôlei da iniciativa “Ao Lado do Ídolo”.

“O ‘Ao Lado do Ídolo’ já levou alunos do Esporte Presente para três jogos do SESC, após os jogos, eles tiveram a oportunidade de entrar em uma quadra profissional e ter contato com jogadores e comissão técnica. Agora, ter uma atleta como a Fabi aqui, que é campeã olímpica e já foi várias vezes campeã brasileira, é extremamente importante. Queremos formar estas crianças como atletas, mas principalmente como cidadãos. Tenho certeza de que esta iniciativa irá incentivar cada vez mais o maricaense na prática esportiva”, declarou o secretário de Esporte e Lazer, Filipe Bittencourt.

Esbanjando talento e simpatia, Fabi posou para fotos, trocou passes e deu dicas para diferentes grupos de alunos, e também falou sobre a sua trajetória. “Tenho uma família de amigos que tem casa aqui em Maricá, e frequentei a cidade há alguns anos. Jamais poderia imaginar voltar como atleta olímpica e poder falar sobre a minha vida, para de alguma forma inspirar crianças. Fizemos uma troca divertida dentro da quadra, contei um pouco da minha história e quis mostrar que o esporte é uma ferramenta, que pode trazer bons resultados e valores que vão ficar na vida deles”, afirmou a atleta.

Aluna da escola Municipal Clério Boechat de Oliveira, Naiara Helen (11 anos), disse que costuma jogar apenas queimada no colégio, e que a iniciativa valeu a pena pela experiência e pela diversão. “Achei bem legal o treino com ela, agora já quero treinar vôlei”, pontuou.

Amigas e alunas do projeto Esporte Presente há cerca de um ano, Rafaela Lusitano (19 anos) e Poliana da Silva (16 anos) sonham em jogar vôlei profissionalmente. “Seguir carreira no esporte já é prioridade para nós”, comentou Poliana. Para Rafaela, que quer ser líbero como a Fabi, a experiência foi única. “É gratificante demais e um incentivo muito grande, temos ela como um ídolo e queremos ser líbero como ela”, contou.