Início Notícias de Maricá Maricá oferece vagas para castrar cadelas

Maricá oferece vagas para castrar cadelas

A Coordenadoria Especial de Proteção Animal realizará na próxima quarta-feira (19/06) a inscrição para castração gratuita de 40 cadelas, por meio do Projeto Municipal de Castração, fruto do convênio firmado entre a Prefeitura e a Veterinária Maricá, que já beneficiou 40 cães e 100 gatos e gatas.

Vinculada à Secretaria de Saúde, a coordenadoria informa que serão distribuídas senhas, por ordem de chegada, apenas para fêmeas a partir das 8h, em sua própria sede, localizada na Rua Prefeito Hilário Costa e Silva nº 100, no bairro Parque Eldorado.

Para se inscrever, os interessados precisam ter mais de 18 anos e apresentar a cópia dos seguintes documentos: identidade, CPF, comprovante de residência do município de Maricá e algum desses comprovantes – Número de Inscrição Social (NIS), Cartão Mumbuca, Bolsa Família, Benefício de Prestação Continuada (BPC) ou comprovante de rendimentos (destinado principalmente às pessoas que não possuem condições de pagar pela cirurgia). Vale ressaltar que somente será permitida a cirurgia de um animal por CPF do tutor.

No ato do cadastro será agendada a data para a triagem com avaliação clínica e coleta de sangue que irá identificar as condições clínicas de aptidão para a cirurgia.

Caso o animal seja considerado apto, após a triagem, será marcado o procedimento cirúrgico. Se houver algum impedimento para a castração, o tutor do animal será comunicado e deverá assinar um termo se comprometendo a procurar um médico veterinário para oferecer o cuidado necessário ao animal.

Para participar do processo, os animais devem ter entre cinco meses e seis anos de idade e de três a 20 quilos de peso. Como impedimento para participar do procedimento, a coordenadoria informa que não será realizada a castração em cadelas prenhas, no cio ou amamentando e também não será realizada em animal braquicefálico (ex: Boxer, Shit-zu, Pug).

A coordenadora da pasta, Milena Costa, destacou a importância da cirurgia. “A castração ajuda a prevenir possíveis doenças como também contribui para melhorar o comportamento do animal”, explicou. De acordo com a coordenadora, das vagas abertas para castração 20% foram destinadas para as protetoras, totalizando 200 procedimentos por mês.