Início Itaipuaçu Maricá: Quebra-mar começa a ser construído em Itaipuaçu

Maricá: Quebra-mar começa a ser construído em Itaipuaçu

A orla de Itaipuaçu (na altura da Rua Professor Cardoso de Menezes, antiga Rua 1), recebeu nesta quinta-feira (29/08) as chamadas estacas pranchas para colocação que darão origem ao quebra mar (estrutura para a contenção das ondas) na região. A intervenção é resultado de um estudo técnico feito pela Prefeitura. As peças são formadas por chapas onduladas que se encaixam formando uma parede de contenção.

De acordo com o presidente da autarquia de Serviços de Obras de Maricá (Somar), Renato Machado, a ação vem para sanar algumas preocupações da população em relação à segurança da área. “Hoje estamos trazendo as primeiras estacas prancha, que no futuro irão garantir a implantação da área de proteção no entorno da orla de Itaipuaçu”, disse Renato, explicando que a obra foi dividida em duas fases.

“A primeira fase vai da Rua Um até a Rua 63, e toda essa extensão vai receber estacas prancha de aço galvanizado, cada uma com 12 metros de comprimento, que deverão ser instaladas em um prazo de 90 dias”, declarou. A fase dois, que consiste no término da calçada e na construção da ciclovia, deverá ser finalizada até o carnaval de 2020.

Para o presidente da Câmara Municipal de Maricá, Aldair de Linda, o andamento do projeto é a realização de um sonho para a região. “Fui criado neste local, e para mim é uma felicidade ver esta obra acontecer. Quando todo este movimento começou, muita gente duvidou dos resultados, hoje estamos vendo que só se vence trabalhando, e que vamos conseguir resolver o problema da invasão do mar à orla”, afirmou Aldair.

No total, são quase R$ 140 milhões em investimentos para urbanização de toda a orla de Itaipuaçu, que conta com oito quilômetros de extensão na Avenida Litorânea, mais oito quilômetros na Rua 37, além de 153 ruas transversais, com cerca de 150 metros cada uma.