sábado, 4 julho, 2020
22.5 C
Maricá

Comércio em Niterói reabrirá com limite de clientes

A prefeitura de Niterói criou um grupo de trabalho com integrantes de suas secretarias e representantes de entidades empresariais e de saúde a fim de elaborar um plano de reabertura gradual do comércio, a partir de maio. Lojas deverão ter controle de número de clientes dentro dos estabelecimentos e horários diferentes para expediente, de acordo com cada ramo de atividade.

De acordo com o prefeito Rodrigo Neves, o planejamento para a retomada será feito pela secretarias de Desenvolvimento Econômico, Saúde, Planejamento, Fazenda e Administração, além de representantes da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi) de Niterói, do Sindicado de Lojistas do Comércio (Sindlojas), da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), da Firjan e de especialistas médicos da UFF, UFRJ e Fiocruz.

“O objetivo é preparar com o máximo de consenso e convergência possível um plano de médio e longo prazos de apoio às atividades econômicas. Todo planejamento será de acordo com a evolução do ciclo da epidemia que ainda está em curso. Vamos retomar com segurança, serenidade e preservando a saúde”, diz o prefeito, que descarta autorizar a volta da circulação de parte da frota de ônibus.

Na entrada das lojas haverá controle de acesso, sendo observado um limite de 30% de público, além de espaçamento mínimo de um metro em filas e atendimentos em balcões.

Em documento assinado pelo presidente do sindicato, Charbel Tauil Rodrigues, os empresários assumiram com a prefeitura o compromisso de fornecer máscaras e luvas de proteção para seus colaboradores, assim como álcool gel (ou álcool 70 graus)

A proposta prevê os seguintes horários: lojas de rua, das 10 às 18 horas; shoppings, das 12 às 20 horas; lanchonetes (de rua), das 10 às 18 horas;
serviços em geral, das 08 às 16 horas, e bancas de jornais, das 08 às 20 horas


78,417FansLike
27,269FollowersFollow
2,719FollowersFollow
984SubscribersSubscribe