quinta-feira, 13 agosto, 2020
22.5 C
Maricá

Vacina contra o Coronavírus da Universidade de Oxford é segura e eficaz, diz estudo

Um estudo publicado na revista científica The Lancet nesta segunda-feira (20) traz os resultados dos testes da vacina contra o novo Coronavírus produzida pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica Astrazeneca.

Os resultados preliminares das Fases 1 e 2 dos testes da vacina para a Covid-19 sugerem que ela é segura e induz uma rápida resposta imunológica. Até o momento, a substância não apresentou nenhum efeito colateral grave, e desencadeou respostas de anticorpos e células T (responsáveis pela imunidade celular no organismo), de acordo com os resultados dos testes.

A candidata à vacina – chamada AZD1222 – provocou uma resposta de anticorpos em 28 dias, e resposta de células T em 14 dias. De acordo com o estudo, a substância se mostra promissora. Participaram do estudo 1.077 pessoas com idades entre 18 e 55 anos, sem histórico de infecção pelo novo coronavírus, e em cinco hospitais do Reino Unido, de abril até o fim de maio.

Segundo o professor Andrew Pollard, da Universidade de Oxford, “o sistema imunológico tem duas formas para encontrar e atacar patógenos: por respostas de anticorpos e de células T. Essa vacina é destinada a induzir as duas, para que possa atacar o vírus quando estiver circulando no corpo e as células infectadas”, explicou.

“Esperamos que isso signifique que o sistema imunológico vai se lembrar do vírus, para que nossa vacina proteja as pessoas por um longo período”, disse Pollard. “Contudo, precisamos de mais pesquisas antes de confirmar que a vacina protege efetivamente contra a Covid-19, e por quanto tempo a proteção vai durar.”

78,659FansLike
27,269FollowersFollow
2,726FollowersFollow
984SubscribersSubscribe