20.4 C
Maricá
20.4 C
Maricá
quarta-feira, agosto 4, 2021

Maricá vai distribuir 20 toneladas de abóbora da Fazenda Pública à população

Uma colheita que pode chegar a 20 toneladas de abóbora foi iniciada nesta semana na fazenda pública Joaquim Piñero (antiga Fazenda Ibiaci), no Espraiado, e será distribuída à população na próxima semana. A informação foi dada pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca de Maricá, que costuma entregar a produção da fazenda na rede municipal de ensino.

Com as escolas ainda vazias por causa da pandemia do novo coronavírus, a quantidade colhida será levada à Praça Conselheiro Macedo Soares, no Centro, e entregue a quem passar por lá. A data correta e o horário ainda serão divulgados.

De acordo com o secretário Julio Carolino, as abóboras de espécies ‘moranga’ e ‘pescoçuda’ foram plantadas há cerca de quatro meses e as maiores podem pesar entre 15 e 20 quilos. A área de plantio – onde há ainda aipim, milho, melancia e quiabo – tem uma extensão de cerca de 5 hectares (aproximadamente 50 mil metros quadrados). A lavoura utilizou ainda uma nova técnica de combate a pragas desenvolvida na fazenda, onde uma cola especial é aplicada em garrafas pet pintadas de amarelo, para atrair insetos simulando a cor das flores de abóbora, e os deixando grudados à armadilha.

“Foi a forma que encontramos para cultivar nossa produção sem o uso de agrotóxicos, e tivemos bons resultados. Agora, vamos levar à população esse produto da nossa cidade, para que todos possam diferenciar o que costumam consumir de um produto natural, sem esses agrotóxicos. Sem os alunos nas escolas, a população é quem vai se beneficiar”, afirmou Julio, que fez um discurso de agradecimento à equipe que vem trabalhando na colheita.

O secretário mostrou ainda outra parte da produção de verduras e hortaliças, que estava pronta para ser doada à aldeia indígena Mata Verde Bonita (em São José de Imbassaí) e instituições como o Convento do Bom Conselho, no Centro, além de duas casas de repouso para idosos. Também na fazenda, a equipe de Educação Ambiental da Secretaria de Educação de Maricá gravava um material para sua plataforma digital do órgão. Com a equipe, uma pesquisadora do Projeto AEQUOR, da UFF – que desenvolve uma parceria com a Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) no setor de saneamento –, foi conhecer as práticas de educação ambiental implementadas na cidade.

“O que eu vejo aqui é uma mudança de paradigma nesse setor, uma mudança na cultura conceitual. Um ensino que se pauta pela prática no setor ambiental e que queremos conhecer mais para integrar nosso projeto. É muito bom o trabalho realizado aqui”, exaltou Fabiana Cunha.

Acompanhe

84,640FãsCurtir
3,170SeguidoresSeguir
2,552InscritosInscrever
Parceirosspot_img