23.6 C
Maricá
sábado, setembro 18, 2021

Maricá: Após ação do Ministério Público, prefeitura muda gestora de contrato de R$370 milhões para a saúde

Após o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro ingressar uma ação civil pública para suspender o contrato da Prefeitura de Maricá com a organização social ASM para a gestão do Hospital Municipal Conde Modesto Leal, a prefeitura publicou no Jornal Oficial do Município que a vencedora mudou e agora é a CEPP (Centro de Excelência em Políticas Públicas).

“Considerando o acordo firmado na Ação Civil Pública nº 0021936-51.2021.8.19.0031, ajuizada pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, fica a pontuação do CEPP retificada para 85 pontos, consolidada a classificação das participantes na forma da tabela abaixo.” Publicou a Secretaria de Saúde no dia 02 de Agosto de 2021.

Com essa classificação, perde o posto de gestora a ASM, organização social que estava sendo acusada de usar documentação falsificada para vencer o contrato de R$370 milhões para gerir o novo hospital Dr. Ernesto Che Guevara, em Maricá.

Anúnciosspot_img