22 C
Maricá
domingo, setembro 25, 2022

Blitz educativa orienta motoristas e pedestres em Itaipuaçu

A Prefeitura de Maricá realizou nesta quarta-feira (21/09) uma blitz educativa, em Itaipuaçu, para conscientizar motoristas e pedestres sobre as medidas preventivas para evitar acidentes e mortes no trânsito. Coordenada pela Secretaria de Trânsito e Engenharia Viária, o evento, que integra as ações da Semana Nacional do Trânsito, teve parceria com a Secretaria de Ordem Pública e Gestão de Gabinete Institucional e a Operação Lei Seca.

A blitz de trânsito, realizada na Avenida 1, em Itaipuaçu, contou com equipes de educação da Operação Lei Seca, composta por pessoas com deficiência, que orientaram os motoristas sobre a importância do uso do cinto de segurança e do perigo da mistura de bebida alcoólica e volante. O secretário de Trânsito e Engenharia Viária, Marcinho da Construção, relatou que a blitz visa conscientizar a população quanto ao respeito às leis de trânsito.
“Estou muito feliz com esse trabalho de conscientização, pois a receptividade dos motoristas está sendo muito boa. As equipes estão orientando sobre os riscos de acidentes, que acontecem devido ao uso do telefone na direção, embriaguez ao volante, a falta de uso de cinto de segurança, capacetes e equipamentos de segurança. Os agentes da Lei Seca também contam como sofreram os acidentes e se tornaram cadeirantes. Hoje eles vêm aqui para poder trazer os depoimentos deles e trazer essa consciência”, explicou.

O secretário de Ordem Pública e Gestão de Gabinete, Julio Cesar Veras, destacou que é muito importante que a sociedade aproveite a semana para refletir sobre a necessidade de um trânsito mais consciente e mais responsável. “Essa ação é fundamental, sobretudo em Itaipuaçu, alertando motoristas e pedestres sobre a importância de respeitar as leis de trânsito. Hoje, as secretarias somam forças para salvar vidas“, disse.

Experiências que ajudam a salvar vidas

O agente de educação da Operação Lei Seca, Bruno Dutra, contou que a blitz ajuda a alertar sobre a combinação maléfica entre bebida alcoólica e direção, mas destaca outras ações que também provocam acidentes no trânsito, como o uso de celular.

“Todos os agentes cadeirantes da operação Lei Seca têm algum histórico de álcool e direção, seja ele causador do acidente ou vítima. Contamos nossas histórias diariamente, fazendo com que os condutores possam se conscientizar sobre a importância da prudência e da perícia no trânsito. Na blitz, alertamos sobre os perigos e ajudamos a salvar vidas”, destacou.

A empresária Cintia Souza conta que aprovou a ação e acredita que ajudará a alertar os motoristas sobre o trânsito seguro. “Estou muito feliz de ver uma ação como esta, pois estamos acostumados a andar no bairro e não respeitar as leis, eu mesma estava sem cinto e fui avisada da falta dele. Aqui em Itaipuaçu os acidentes têm sido constantes e, por isso, devemos ficar mais atentos. São essas ações que salvam vidas”, finalizou.

Acompanhe-nos no Google Notícias

Sem boatos, sem fofocas, apenas notícias relevantes para você ficar bem informado.

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img