Notícias de Maricá

Defesa Civil de Maricá faz 37 salvamentos de banhistas no fim de semana

Agentes atuaram na orla das praias e nas lagoas do município, realizando mais de 4 mil ações preventivas e 2.175 identificações de crianças com pulseiras


Agentes da Secretaria de Proteção e Defesa Civil de Maricá realizaram 37 salvamentos nas praias da cidade no primeiro final de semana (dias 14 e 15/01) com sol em 2023. Além das ações de resgate no mar, as equipes que atuam nos postos de salva-vidas, no suporte avançado, em quadriciclos e em rondas lagunares, realizaram 4.871 ações preventivas e a identificação de 2.175 crianças com pulseiras – para evitar que se perdessem dos pais e responsáveis – nas tendas operacionais instaladas no Recanto (Itaipuaçu), na Barra de Maricá e em Ponta Negra.

No domingo, 15/01, uma onda grande arrastou cinco pessoas da mesma família, na altura da Rua 70 em Itaipuaçu, a cerca de 100 metros do posto de salva-vidas. As vítimas foram uma menina de 12 anos, sua mãe, o padrasto, a irmã de 20 anos e o namorado da irmã, de 22 anos. Os guarda-vidas Willian Nascimento e Rafael Pereira entraram em ação imediatamente e conseguiram resgatar todos, não havendo necessidade de conduzi-los ao hospital.

No mesmo dia, na Rua 83, também em Itaipuaçu, um adolescente de 13 anos, morador de São Gonçalo, foi resgatado pelos agentes Mata e Paiva e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Inoã.

“A Defesa Civil de Maricá foca muito nas prevenções visando zerar os afogamentos nesse verão. Mantemos um patrulhamento lagunar nos finais de semana, temos salvamento na Cachoeira do Espraiado, na ponte e na lagoa de Ponta Negra, com salva-vidas em cada um desses locais, além de quase 30 postos de salvamento em toda orla do município, visando prevenir e salvar. Prevenir é o caminho. Realizamos quase 5 mil prevenções no final de semana, mais de 400 bandeiras informando à população onde era possível o banho. Nossos guarda-vidas estiveram atentos em duas viaturas do suporte avançado e seis quadriciclos, divididos em setores nos 46 km de orla. Manteremos os esforços até o fim da alta temporada visando zerar os afogamentos”, afirmou o secretário de Proteção e Defesa Civil, Fabrício Bittencourt.

Botão Voltar ao topo