Notícias de Maricá

Ação de limpeza retira mais de 15 toneladas de lixo da Restinga de Maricá

Na última sexta-feira, dia 20, MARAEY, projeto turístico-residencial, realizou, em parceria com a Prefeitura de Maricá e a SOMAR (Serviços de Obras de Maricá), mais uma importante ação de limpeza da Restinga de Maricá. Monitores e colaboradores do empreendimento, equipes dos órgãos e voluntários participaram do mutirão, que recolheu mais de 15 toneladas de resíduos do local, que têm sido historicamente despejados de modo irregular no ecossistema.

Para não perder as notícias mais relevantes de Maricá você pode fazer parte do nosso canal no Whatsapp clicando aqui neste link.

“Ao longo dos anos, fazemos regularmente limpeza da área de MARAEY, contra a degradação, para proteger as diversas espécies de fauna e flora. Infelizmente, há descarte irregular de objetos, resíduos de construção civil e até de materiais de empresas. Estamos somando forças com a Prefeitura de Maricá, através da SOMAR, para proteger a restinga, que é nosso patrimônio natural e o principal ativo de MARAEY. Reforçamos nosso compromisso de realizar um projeto em harmonia com a natureza, baseados nos três pilares da sustentabilidade: social, econômico e ambiental”, afirma a diretora de sustentabilidade de MARAEY, Luciana Andrade.

MARAEY reafirma ainda a importância da conscientização da população sobre a responsabilidade e o compromisso do descarte correto do resíduo que cada gera. “Esta é uma Área de Proteção Ambiental (APA) e com grande valor ambiental. Desde 2010 realizamos um trabalho árduo, com monitoramento da área, que permanece aberta para o desfrute da população, e com muito diálogo para que as pessoas se conscientizem sobre o impacto ambiental causado pelo descarte irregular na região. Cada um de nós tem a obrigação de conservar e preservar o meio ambiente e nossa Restinga de Maricá”, afirma o diretor-executivo de MARAEY, David Galipienzo.

Sobre MARAEY

Projeto turístico-residencial mais inovador e sustentável do Brasil, MARAEY, em Maricá, idealizado pela IDB Brasil, tem como ativos fundamentais a proteção ao meio ambiente e o investimento em pesquisas acadêmicas, com a participação de algumas das principais instituições do país, a valorização da comunidade local, além do desenvolvimento econômico.

Com uma ocupação predial de apenas 6,6% do terreno, dentro dos 840 hectares do empreendimento será criada a segunda maior Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) de restinga do Estado do Rio, e a quinta do Brasil. MARAEY é signatário do Pacto Global da ONU e já conta com premiações de reconhecimento mundial – como o Prêmio de Liderança do U.S. Green Building Council 2021 para América Latina,  o prêmio Americas Property Awards 2022, na categoria 5 estrelas de melhor empreendimento de uso misto do Brasil e das Américas, o selo BIOSPHERE, além das pré-certificações Sustainable SITES Initiative GOLD e Geo Foundation for Sustainable Golf.

Baseado em princípios de Desenvolvimento Sustentável – ESG, o investimento privado será na ordem dos R$ 11 bilhões, com arrecadação de impostos de R$ 7,2 bilhões e geração de mais de 56.000 empregos durante os primeiros 14 anos (construção e consolidação de vendas); e mais R$ 1 bilhão de arrecadação anual na operação, com geração de 36 mil empregos, quando MARAEY estiver em pleno funcionamento.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo