Notícias de Maricá

Auxílio Cuidar: Apresentação de documentação gera filas; mães relatam chegar de madrugada

Imensas filas se formaram na Secretaria de Políticas Inclusivas para a apresentação de documentos para a validação da inscrição no Auxílio Cuidar, criado pela prefeitura de Maricá que dará o valor de um salário mínimo em Moeda Social Mumbuca.

Quem se inscreveu através do site até o dia 19 de outubro está tendo que levar toda documentação exigida presencialmente. Porém, a desorganização em relação aos horários e a falta de equipes suficientes para atender a todos os inscritos tem levado filas, com mães com crianças com deficiência tendo que chegar pela madrugada para conseguir ser atendida.

“Poderiam organizar melhor, colocar atendimento separado por ordem alfabética, temos que chegar cedo e ficar na fila por horas e isso nos cansa demais.” Comentou uma das mães que efetuou a inscrição através do site.

Segundo a prefeitura, houve uma ampliação no horário de atendimento, mas não o suficiente para evitar as longas filas.

Documentação necessária

Para confirmar a inscrição é necessário o documento de identificação civil válido no território nacional (certidão de nascimento, RG, CNH, Passaporte, CTPS) do dependente PcD e do requerente; II – tutela ou curatela em nome do solicitante, aplicado apenas para os responsáveis legais da pessoa com deficiência; III – certidão Judicial Criminal do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (2° Instância) e das Seções Judiciárias do Rio de Janeiro (1° Instância); IV – comprovantes de residência no município de Maricá dos últimos 2 (dois) anos em nome próprio – sendo 1 (um) mês de cada ano – que poderá ser conta de energia, água, internet, ou declaração do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) ou do Posto de Saúde e declaração de renda.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo