Notícias de Maricá

Maricá: Eleição de 2024 deve polarizar, pesquisa coloca Quaquá versus Ricardinho Netuno

A política de Maricá começou a aquecer nos últimos meses. Apesar da cidade não ter uma oposição fortalecida, com apenas um vereador entre os atuais 17 parlamentares, a eleição deverá ser polarizada entre dois candidatos: o do PT e outro do PL.

Pelo menos é o cenário que se desenha até o momento, onde, pelo PT, o nome que mais se projetou foi do deputado federal Quaquá, ex-prefeito de Maricá entre 2009 e 2016.

Do outro lado, atualmente quem figura a linha de oposição mais dura é o vereador Ricardinho Netuno, que deverá sair do Republicanos para se filiar ao PL de Jair Bolsonaro, de quem é seguidor.

Uma pesquisa que está sendo feita traz quatro nomes para a disputa: Quaquá (PT); Joãozinho (PT); Ricardinho Netuno (pelo PL) e Marcelo Delaroli (PL).

Quaquá dispensa apresentações, já Joãozinho é um nome novo. O atual braço direito do prefeito Fabiano Horta é um dos gestores que comanda a máquina pública da cidade. João Maurício, como vem sendo anunciado nos eventos oficiais, pode ser o candidato apoiado pelo atual prefeito, já que pesquisas de aprovação mostram que cerca de 70% do eleitorado votaria em um candidato apoiado por Fabiano Horta, independente de quem seja.

Ricardinho Netuno é vereador em seu segundo mandato. Já foi candidato a Deputado Federal obtendo 8.714 votos, sendo 6.768 apenas em Maricá, o que o colocou como segundo candidato a deputado federal mais votado em Maricá em 2022, perdendo apenas para Quaquá, que obteve 29.766 votos na cidade.

Marcelo Delaroli também é outra figura que polarizou com Quaquá durante os dois primeiros mandatos. Em 2020 se aliou ao ex-rival para disputar as eleições em Itaboraí e venceu lá. Delaroli não confirma, mas disse ao Maricá Info que uma disputa com Quaquá seria uma reedição de 2012 em que quase venceu. Nesse ano, Quaquá venceu as eleições municipais por apenas 2.919 votos.[TS_Poll id=”1″]

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo