Notícias de Maricá

Maricá: Traineiras voltam a ser flagradas no litoral praticando pesca de arrasto

Não é de hoje que o litoral de Maricá, que tem 46 km de praias, é explorado de forma indevida. Há muitos anos, traineiras são avistadas praticando pesca de forma predatória, passando a poucos metros da praia.

Foi o caso desta quarta-feira (28/02), quando banhistas flagraram as embarcações a menos de 100 metros do litoral, arrastando os peixes e levando, muitas vezes, outros animais marinhos junto, como tartarugas, que acabam sendo descartadas e aparecem na areia já sem vida.

“É um absurdo, não adianta fiscalizar, pois não temos autoridades com pulso firme para bater de frente.” Disse Leandro da Costa, morador da Barra de Maricá que fez o flagrante e enviou ao Maricá Info.

É importante destacar que pescadores que realizam pesca predatória estão sujeitos a penalidades previstas na Lei de Crimes Ambientais. Em caso de flagrante, a embarcação e o pescado são apreendidos, o responsável é multado e responde por crime ambiental podendo ser punido com pena de um a três anos de reclusão.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo