Notícias de Maricá

Justiça Itinerante realiza 1,5 mil atendimentos em Maricá

A Justiça Eleitoral Itinerante participou do mutirão AcessaJus em Maricá, na Região Metropolitana, atendendo 1.492 pessoas, incluindo membros da etnia Guarani Mbya, residentes nas aldeias Mata Verde Bonita e Céu Azul da cidade.

Essa ação foi organizada pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) e pelo Fórum Permanente do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro (Fojurj), marcando o encerramento, neste ano, do projeto Justiça Itinerante do TRE-RJ para a realização da biometrização do eleitorado. No último dia 8, conforme previsto na legislação, ocorreu o fechamento do cadastro eleitoral.

Desde janeiro, o projeto esteve presente em locais de grande circulação pública, com o intuito de facilitar o cadastramento biométrico, aproximando o TRE-RJ do eleitorado. Pontos como a estação Carioca do MetrôRio, o Bangu Shopping, a estação ferroviária Central do Brasil, o BarraShopping e o ParkShopping Campo Grande foram alguns dos locais de ação na capital.

Além disso, a iniciativa se estendeu a diversas cidades, incluindo São Gonçalo, Belford Roxo, Itaguaí, Petrópolis, São José de Ubá, Campos dos Goytacazes, Varre-Sai, Nova Iguaçu e Paracambi, contribuindo para o aumento da base de eleitores com o cadastramento biométrico na Justiça Eleitoral.

É importante destacar que a campanha #VemPraBiometria, na qual a Justiça Eleitoral Itinerante se envolveu, teve como objetivo sensibilizar e conscientizar sobre a importância do cadastramento biométrico, resultando na inclusão das digitais de milhares de eleitores na base de dados. Contudo, ter a biometria coletada pelo TRE-RJ não é requisito para votar nas eleições municipais de outubro, desde que o título esteja regular.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo