NotíciasNotícias da Cidade

Falhas na conservação da cidade são alvo de ações judiciais em Maricá

Após falar sobre inchaço nas subsecretarias da prefeitura de Maricá, o péssimo estado de conservação da escolas, as falhas no sistema de transporte e na saúde, o SRZD fecha a série de reportagens sobre o município com alguns dos problemas de conservação denunciados pelos moradores. 

fotomaricaestradaterra580

As falhas na conversação do município já são alvo de pelo menos cinco Ações Civis Públicas propostas pelo Ministério Público contra o município com objetivo de garantir a distribuição de água, a drenagem das ruas e a pavimentação. Além destes problemas, os moradores apontam também a iluminação precária em alguns locais e a irregularidade da coleta de lixo.

Apesar das reclamações sobre problemas de conservação nas vias, a administração municipal destaca o sucesso da operação tapa buracos em diversas localidades, em nota enviada para o SRZD.  Ainda de acordo com a Prefeitura,  um pacote de obras em vias importantes como a estrada de Itaipuaçu e a rua Um, em Itaipuaçu está em execução e também a região mais próxima ao centro da cidade o bairro Mumbuca está recebendo um pacote de obras de urbanização, assim como a duplicação da ponte que liga o bairro ao centro da cidade.

Lixo, mau cheiro e risco de doença nas ruas

Um professor relatou ao SRZD que sofre com a irregularidade da coleta de lixo em Maricá. Segundo ele, em algumas localidades o lixo se acumula, o que provoca mau cheiro, e até risco de doenças.

Já a Prefeitura, por meio de nota, destacou a equipe de reportagem que a coleta de lixo está regularizada em toda a cidade e a municipalidade conta com apoio da população para evitar colocar entulhos nas ruas, principalmente de obras, bem como em beiras de rios, já que os caminhões têm rotas com horários e datas pré-determinados.

Iluminação precária aumenta insegurança

A falta de iluminação faz com que a insegurança aumente na população Uma moradora de Inoã revela que teme sofrer assaltos em razão da escuridão que é obrigada a enfrentar no ponto de ônibus do local. Segundo ela, o centro de Inoã passa por ações de revitalização da Prefeitura e os pontos de ônibus foram deslocados para lugares distantes e não iluminados.

A gestão municipal, por meio da assessoria de imprensa, destacou ao SRZD que  nos últimos dois anos foram feitas mais de 19 mil manutenções em luminárias e instalados outros três mil novos pontos de iluminação pública em toda cidade, inclusive contando com a revitalização do centro da cidade e da principal praça.

Ainda de acordo com a Prefeitura, um caminhão-cesto aéreo foi adquirido pela secretaria de iluminação pública com recursos oriundos da taxa de iluminação pública e na próxima semana vai começar a instalação de luminárias na Estrada dos Cajueiros, em Itaipuaçu, e também em parte da orla da localidade.


Laura Machado
SRZD (Sidney Rezende)

Separar Banners

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo