quinta-feira, 17 setembro, 2020
22.5 C
Maricá

Para o Bonde do Mensalão, a vida é uma festa em Maricá (Por Tiago Rangel)

Primeiramente gostaria de mandar um abraço especial aos leitores do Site Lei Seca Maricá, e agradecer ao amigo Romário Barros pelo espaço aberto para postar meus textos, por divulgar e acompanhar em tempo real as notícias e acontecimentos importantes de nosso Município.

Organizar atas de registro de preço para a administração pública de Maricá virou um excelente negócio, impulsionado por contratos de preços altos e com licitações nebulosas o Bonde do Mensalão vem fechando contratos milionários em Maricá.
Desde que Maria Helena e Marcelo Sereno chegaram ao governo do Quaquá, que hoje é apenas um passageiro do Bonde sem freio do Mensalão, vem acontecendo diariamente prosperidades incomuns para os membros do referido Bonde. O Marcelo Sereno atuante dentro da pasta que sabemos que “movimenta” indiretamente as parcelas mensais e milionárias dos Royalties e Maria Helena atuante na pasta que cuida de toda a arrecadação do Município, ou seja, o bonde fechou o cerco em torno dos recursos de Maricá e para engabelar o Povo eles jogam na mídia as promessas do espetáculo do crescimento e desenvolvimento econômico anunciada no início do governo Quaquá. 
O surpreendente sucesso do Bonde se deu no setor de licitações, com fechamentos de contratos milionários, contando com a ajuda de empresas já conhecidas pelo Ministério Público que são bastante atuantes no governo do PT de Niterói, Nova Iguaçú e para nossa surpresa temos a infelicidade de receber firmas importadas de Itaperuna que por coincidência e da terra do nosso novo Secretário de Saúde o Sr. Malta Carpi.
Para obter os contratos públicos milionários, o Bonde recorreu a um controvertido tipo de licitação chamado no jargão da escória política como “ata de registro de preços”. Por esse modelo, a concorrente que apresenta a planilha com preços mais baixos vence a disputa. A ata de registro de preços oferece uma facilidade para as empresas e para os órgãos públicos. A partir do contrato inicial, qualquer órgão público pode aderir à ata e assinar contratos com a empresa vencedora, com os mesmos preços e sem necessidade de nova licitação. Se o contrato inicial for muito lucrativo, a empresa vencedora tem motivos para festejar: abre-se a perspectiva de uma longa e promissora carreira de negócios com o governo.
 
A Prefeitura contratou empresas para fornecimento de móveis de escritório com alguns itens mais de 300% acima da média de preço praticado do mercado.
Vejamos alguns itens que alem de terem preços absurdos possuem quantidades astronômicas e desnecessárias:
a)      Poltrona espaldar, alto com encosto. Valor da unidade R$2.535,00 (dois mil quinhentos e trinta e cinco reais) comprados no total de 300 unidades – Valor total da compra R$700.500.00 (setecentos mil e quinhentos reais)
b)      Longarina com 4 assentos. Valor da unidade R$1.368,00 (hum mil trezentos e sessenta e oito reais) comprados no total de 300 unidades – Valor total da compra R$410.400,00 (quatrocentos e dez mil e quatrocentos reais)
c)      Longarina com 3 assentos. Valor da unidade R$1.022,00 (hum mil e vinte dois reais) comprados no total de 200 unidades = Valor total da compra R$204.400,00 (duzentos e quatro mil e quatrocentos reais)
d)     Arquivo 4 gavetas – valor da unidade R$950,00 (novecentos e cinqüenta reais) comprados no total de 300 unidades. Valor total da compra R$285.000,00 (duzentos e oitenta e cinco mil reais)
e)      TV 42 polegadas ful HD com conversor digital. Valor da unidade R$2.790,00 compradas 30 unidade. Custa R$1.799,00 na Ricardo Eletro no varejo, no atacado deve ser muito mais barato, Valor total da compra R$83.700,00
f)       Sofá de aço carbono, cromado com polimento brilhante. Valor da unidade R$3.110,00 (três mil e cento e dez reais) compradas 15 unidades. Valor total da compra R$46.650,00 (quarenta e seis mil e seiscentos e cinqüenta reais)
g)      Mesas para reunião foram compradas 110 unidades que chegou ao valor total de R$117.100,00 (cento e dezessete mil e cem reais)
h)      As compras de estação de trabalho e divisórias, somados chegam a R$1.210.224,00 (um milhão duzentos e dez mil e duzentos e vinte quatro reais)
i)        500 unidades de mesa com 1,20m com o custo de R$288,00 a unidade chegando ao total de R$144.000,00 (cento e quarenta e quatro mil reais)
j)         E para finalizar a sucessão de absurdos compraram Quadros de avisos de cortiça medindo 1,80m x 0,90cm, total de 100 unidades cada um pela bagatela de R$533,00 (quinhentos e trinta e três reais) chegando ao total de RS53.300,00 (cinqüenta e três mil e trezentos reais) daria para envelopar toda a prefeitura de cortiça.
Análise comparativa entre os preços praticados no mercado com os contratados pelo Bonde do Mensalão.
Preços do Shoping Matriz
Preço do Bonde do Mensalão
Longarina com 3 (três) assentos – Valor R$299,00
Longarina com 3 (três) assentos – Valor R$1.022,00
Armário Baixo 0,90 X 0,42  – Valor R$249,00
Armário Baixo 0,90 X 0,42  – Valor R$548,00
Preço da Ricardo Eletro
Preço do Bonde do Mensalão
Tv 42’ ful HD com conversor – Valor R$1.799,00
Tv 42’ ful HD com conversor – Valor R$2.790,00
Preço da City Quadros
Preço do Bonde do Mensalão
Quadro de avisos de cortiça com borda de alumínio 1.00m x 1.80m – Valor R$126,00
Quadro de avisos de cortiça com borda de alumínio 0.90cm x 1.80m – Valor R$533,00
É fato que nas licitações, é o próprio Bonde do Mensalão que joga os preços para cima, protocolei no Ministério Público sob o numero 201100799471 mais esta grave denuncia envolvendo milhões em verbas públicas, com possíveis fraudes e um processo administrativo que sem dúvidas está eivado de vícios, certamente existem jogos de planilhas. O TCU vem apurando essas fraudes nas licitações e o uso descontrolado das atas de registro de preços.  A adesão às atas de registro de preço é uma mina de ouro. Isso não pode continuar assim, temos que frear este Bonde do mensalão.
A quantidade de distorções facilmente identificáveis nos contratos milionário do mundo das licitações feitas através de atas de registro de preço mostra que esta modalidade hoje é uma porta aberta para irregularidades.
E o Povo de Maricá precisa mais do que nunca se unir neste momento para frear este Bonde do Mensalão e acabar de uma vez por todas com este governo do Quaquá que foi a desgraça do nosso Município.
“Solidários, seremos união. Separados uns dos outros seremos pontos de vista. Juntos, alcançaremos a realização de nossos propósitos.”

79,146FansLike
27,269FollowersFollow
2,753FollowersFollow
1,290SubscribersSubscribe