31 C
Maricá
segunda-feira, dezembro 5, 2022

Loura diz em depoimento que não queria matar “Fábio Pela Paz”

Acusada de matar o ex-candidato à vereador de Maricá e empresário Fábio Gabriel Rodrigues, mais conhecido como “Fábio Pela Paz” de 33 anos, que seria seu namorado, Verônica Verone, 18 anos, participou nesta sexta-feira de audiência no processo sobre o crime que corre na 3ª Vara Criminal de Niterói. Diante do juiz Peterson Barroso Simões, a ré afirmou que não tentou matar o empresário.

Ela alegou ter sido violentada pelo pai — já falecido — na infância e repetiu ter ficado “cega” quando ele supostamente tentou tirar a roupa dela.
“A ficha caiu. Não matei o Fábio, matei meu pai”, afirmou a acusada.

Verônica Verome foi indiciada por homicídio triplamente qualificado, além de tentativa de ocultação de cadáver. O crime aconteceu num motel de Niterói, em 16 de maio, e ela foi presa horas depois.

Próxima audiência depende de laudo psicológico
A loura está presa no Hospital Penitenciário Heitor Carrilho. Os exames médicos feitos na unidade determinarão se a jovem sofre de algum tipo de transtorno psiquiátrico. Além disso, o laudo pode apontar se ela estava em surto quando atacou e matou Fábio usando um cinto, em 14 de maio, num motel em Niterói.

O laudo deve sair em até dez dias. Somente depois disso, será marcada a próxima audiência na 3ª Vara Criminal de Niterói.
[Fonte: Lei Seca Maricá]

Acompanhe-nos no Google Notícias

Sem boatos, sem fofocas, apenas notícias relevantes para você ficar bem informado.

spot_img
spot_img
spot_img