Início Carnaval 2014 Grande Rio leva Maricá e Maysa para a Sapucaí

Grande Rio leva Maricá e Maysa para a Sapucaí

Grande Rio leva Maricá e Maysa para a Sapucaí. (Foto: Rodrigo dos Anjos / AgNews)

A ‘escola de samba’ de Duque de Caxias, na baixada fluminense do Rio de Janeiro, irá levar para a Marquês de Sapucaí, a história da cidade de Maricá, na região metropolitana e de sua ilustre moradora, a cantora Maysa.

A Grande Rio será a segunda agremiação a se apresentar neste domingo (02). O enredo é “Verdes Olhos de Maysa Sobre o Mar, no Caminho: Maricá”, patrocinado pela Prefeitura de Maricá, que já repassou R$4,5 milhões para a escola de samba tricolor de Caxias.

O desfile da Grande Rio será uma surpresa para muitos, não em quesitos de inovação, mas em como a agremiação irá apresentar a história de Maricá, passando por Darwin à Maysa, que foi uma cantora polêmica. Uma inovação é esperada, internautas puderam enviar vídeos, que serão passados em telões instalados em um dos carros alegóricos da Grande Rio na Sapucaí.

[list][item icon=”128227″ ]Clique aqui e confira o samba da Grande Rio em ‘homenagem’ a Maricá.[/item][/list]

O samba não foi muito aceito entre os críticos, porém, o público ‘pegou’ o enredo, que é curto e direto. Ele fala sobre a cidade, passando por momentos históricos como a passagem do naturalista inglês Charles Darwin à Maysa compondo em sua casa de praia no bairro de Cordeirinho, em Maricá.

De acordo com o carnavalesco Fábio Ricardo, o enredo não será histórico. Ele vai falar sobre a cidade a partir do ponto de vista da cantora paulista Maysa que na década de 1970, deixou para trás o burburinho das cidades grandes para se refugiar, com seu piano, na tranquilidade do litoral fluminense, e hoje dá nome a uma das principais avenidas do litoral de Maricá.

“Não se trata de um enredo histórico. O maior desafio foi pegar uma cidade simples e transformar num grande enredo. E foi a frase ‘Não se pode falar de Maricá sem falar de Maysa e não se pode falar de Maysa sem falar de Maricá’ que me inspirou. Quis ver de perto o que tinha impressionado tanto a cantora. E é isso que vou mostrar na avenida”, disse Fábio Ricardo.

Serão 31 alas, 3.326 componentes, seis alegorias e um tripé que a Grande Rio irá levar para a Sapucaí neste domingo. A bateria é comandada pelo mestre Ciça, tendo como metre-sala o Luiz Felipe e porta-bandeira a Verônica Lima. Outro destaque da agremiação que busca o seu primeiro título é a rainha de bateria, a atriz global Christiane Torloni.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui