Início Notícias do Brasil Disputa por poder causa rixa entre PT e PMDB

Disputa por poder causa rixa entre PT e PMDB

Da redação | João Henrique – A aliança entre o Partido dos Trabalhadores e o PMDB está abalada. Cerca de 1/3 dos deputados federais do Partido do Movimento Democrático Brasileiro defende o fim da aliança com o PT.

A disputa pelo poder está causando uma rixa entre os dois partidos a âmbito nacional, que também já chegou ao Rio de Janeiro. A crise na base aliada se dá pois diversos deputados do PMDB estão insatisfeitos com o número de pastas comandadas pelo partido no governo Dilma (Atualmente são cinco). Eles querem o Ministério de Integração Nacional e o de Agricultura.

A confusão é tão grande que o PMDB não sabe se apoiará o PT em 2014, se terá candidato próprio ou vai se aliar ao PSDB. Pelo menos o presidente do partido no Rio de Janeiro, Jorge Picciani, diz que apoiará o candidato tucano, Aécio Neves, ao Planalto neste ano.

No RJ, o PMDB tem um candidato a governador, Luiz Fernando Pezão, que é atual vice-governador e disputará com o senador Lindberg Farias, do PT. Pezão e Lindberg apoiarão a reeleição de Dilma Rousseff, assim como Anthony Garotinho (PR), que é oposição ao governo Cabral, que apoia Pezão. Que confusão.

Na última semana teve até uma troca de ‘tapas’ entre o presidente do PT Fluminense, prefeito de Maricá, Washigton Quaquá (PT) com o líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (RJ). Quaquá teria insinuado em entrevista ao jornal O Globo que Cunha seria chantagista. O deputado respondeu chamando o prefeito de Maricá de pilantra.

“Não vou perder tempo e baixar o nível com um pilantra como esse Quaquá. Ele não é personagem de páginas políticas e sim de páginas policiais”, escreveu Eduardo Cunha em seu perfil no Twitter.

Quaquá, do PT, tem seus interesses e espera eleger a sua mulher, Rosângela Zeidan, como Deputada Estadual e o presidente da Câmara de Vereadores de Maricá, Fabiano Horta (PT), como Deputado Federal. Ele tenta estender os seus tentáculos à Alerj e à Câmara dos Deputados, mas pelo visto tem batido de frente com grandes adversários e aliados da presidente Dilma Rousseff.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor colocar seu nome aqui