Policiais do Rio organizam ato público para o dia 14 de dezembro

‘ A vida do Policial é Sagrada, como Toda vida é’ #Basta Campanha pede o fim da violência contra Policiais Civis e Militares.

Da Redação: Renan Mendonça – Policiais Militares do Estado do Rio de Janeiro e Policiais Civis estão se organizando para no dia 14 de dezembro (Domingo), a partir das 9h, em frente ao Posto 6 em Copacabana, realizarem um ato público que tem como principal objetivo, traçar metas para a segurança pública, sobretudo, para a garantia de direitos e providências para assegurar a vida dos policiais de serviço e os que estão de folga. 

Em uma pesquisa feita, constatamos que só no ano de 2014, até o mês de agosto, o número de policiais militares mortos chegou a 73, de acordo com a PM. Dessas mortes, 14 ocorreram com policiais militares durante o serviço. Já as outras 59 aconteceram quando os PMs estavam de folga. No início da semana, no fim da noite de segunda-feira (24), o soldado da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Vila Kennedy, Ryan Procópio Guimarães, de 23 anos, foi brutalmente assassinado em Bangu, na Zona Oeste. Ryan era irmão do tenente do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Islan Procópio, de 25 anos, e filho do sargento Procópio, um dos fundadores e ex-instrutor da tropa de elite da PM, já falecido. Ao todo, 6 policiais militares, sendo dois mortos e quatro feridos.

Estamos buscando melhores detalhes com a organização do ato, que está sendo divulgado em grupos da Polícia Militar, Polícia Civil do Rio de Janeiro e redes sociais. Toda  a sociedade fluminense, que se sente revoltada com o que está ocorrendo com a vida dos policiais, que também são seres humanos e possuem famílias,  podem participar.” Disse um organizador do ato público. Uma grande união está sendo formada para demonstrar força no dia 14 de dezembro, em Copacabana.

2 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here