25 C
Maricá
sábado, dezembro 3, 2022

Maricá terá recadastramento biométrico a partir de abril

Procedimento na cidade começa no dia 6. São 17 municípios do estado do Rio onde eleitores deverão fazer o recadastramento que já começou em Duque de Caixas

Do O Fluminense – O recadastramento biométrico chegou em mais 17 municípios do estado do Rio, entre eles Maricá, e mais de 2,8 milhões de eleitores estarão aptos a realizar o procedimento. Apenas em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, 620 mil eleitores, já podem fazer o recadastramento biométrico, que começou nesta terça-feira (24).

A partir de abril, conforme o cronograma da Justiça Eleitoral, mais de 2,8 milhões de eleitores de 17 municípios, incluindo os de 21 zonas eleitorais da capital, estarão aptos a realizar o procedimento. Em Maricá o recadastramento começa a partir do dia 6 de abril na Avenida Roberto Silveira, 524-a – lojas 02 e 03, no bairro Flamengo.

Segundo Tribunal Regional eleitoral (TRE) a identificação biométrica torna as eleições mais seguras, ao impedir que uma pessoa vote no lugar de outra.

Todos os eleitores dos municípios que participarão do procedimento poderão, a partir das datas indicadas, fazer o recadastramento biométrico, inclusive aqueles cujo voto é facultativo, como os menores de 18 anos, os maiores de 70 e os analfabetos. Quem deseja transferir o título de eleitor para alguma dessas cidades, ou reside nesses municípios e queira tirar o título pela primeira vez, também poderá realizar o recadastramento biométrico.

Documentos necessários – Após confirmar se já pode fazer o recadastramento, o eleitor deve se dirigir à zona eleitoral que atende sua área de residência levando documento de identidade original e dentro da validade e comprovante de residência atual. No caso de alteração do nome, é necessária, ainda, a apresentação de documento que comprove a mudança dos dados, como certidão de casamento ou sentença judicial. Os eleitores do sexo masculino maiores de 18 anos que forem tirar a primeira via do título devem levar também o comprovante de quitação militar. O horário de funcionamento das zonas eleitorais é de segunda a sexta-feira, das 11h às 19h.

Tecnologia – O sistema com leitor biométrico identifica as impressões digitais e impede que alguém vote no lugar de outro eleitor, ou mesmo que utilize um documento falso de identidade para tirar o título, já que cada pessoa possui impressões digitais únicas. Quando comparecer ao cartório eleitoral, o eleitor terá os seguintes dados coletados: assinatura, fotografia e impressões digitais. No estado do Rio de Janeiro, já fizeram o recadastramento biométrico os eleitores dos municípios de Armação dos Búzios (2009) e de Niterói (2013).

Mais informações sobre o recadastramento biométrico no estado podem ser encontradas em: www.tre-rj.jus.br/biometria.

Acompanhe-nos no Google Notícias

Sem boatos, sem fofocas, apenas notícias relevantes para você ficar bem informado.

spot_img
spot_img
spot_img