25 C
Maricá
sábado, novembro 26, 2022

Cartório Eleitoral de Maricá continua em greve

A greve dos trabalhadores do Tribunal Regional Eleitoral afeta o atendimento em Maricá há cerca de dois meses e ainda não há previsão de retorno. A paralisação no atendimento afeta diversos serviços, como emissões de títulos de eleitor, certificados de nada consta, além de filiações partidárias, visto que esse é um período em que os candidatos devem se filiar para ser candidatos nas eleições do ano que vem.

Antes de entrar em greve, filas eram vistas no único Cartório Eleitoral de Maricá, na Avenida Roberto Silveira, no Flamengo, a maioria pra realizar o recadastramento biométrico.

Edson Moura, diretor do Sindicato dos Servidores do Judiciário Federal (Sisejufe) no Rio de Janeiro explicou que os trabalhadores da Justiça Federal querem que seja votado pelo Congresso o Projeto de Lei Complementar 28, de 205 (PLC 28-15), que tramita desde 2009. Nos dias 17 e 18 de agosto haverá um ato do Sindicato denominado de Apagão Judiciário,
O presidente do Sindicato no Rio, Valter Nogueira disse que o movimento “atinge todos os estados da Federação.

A categoria deflagrou uma greve nacional para derrotar a intransigência em relação à recuperação das perdas salariais dos últimos nove anos. Nosso último plano de cargos e salários, que recompôs nossa remuneração, foi em 2006”, sustentou Valter.

Acompanhe-nos no Google Notícias

Sem boatos, sem fofocas, apenas notícias relevantes para você ficar bem informado.

spot_img
spot_img
spot_img