Maricá e Itália assinam termo de cooperação voltado para atividades cinematográficas

Assinatura da parceria Maricá-Itália - Foto: Katito Carvalho

Após um dia de visita por pontos turísticos e relevantes de Maricá, como a Orla de Araçatiba, a Orla Zé Garoto, a Aldeia Indígena de São José do Imbassaí e a Casa Darcy Ribeiro, uma comitiva italiana, composta, entre outros nomes, pela vice-ministra da Cultura, senadora Lucia Borgonzoni; pelo cônsul geral da Itália no Rio de Janeiro, Paolo Miraglia; e pelo diretor do Museu de Nápoles, Dr. Paolo Giulierini, assinou um termo de cooperação com o município, voltado para ações e atividades cinematográficas.

“Já estamos avançando na interação com empresas italianas na área da tecnologia, mas queremos avançar também em outras áreas, e a presença da vice-ministra da cultura italiana aqui mostra um pouco do nosso objetivo, de construir uma relação de estreitamento neste sentido, para que a gente possa desenvolver um polo audiovisual no município”, destacou o prefeito Fabiano Horta.

De acordo com a ministra Lucia Borgonzoni, projetos ligado à àrea da cultura já estão sendo estudados, principalmente no que diz respeito à cultura local. “Para ajudar nos projetos de Maricá, já falamos com La Tarranta e Giffoni, que são duas manifestações culturais italianas sobre resiliência, e que ajudam a promover o desenvolvimento das culturas sobre as quais participamos e partilhamos”, disse Borgonzoni.

Para a secretária de Cultura de Maricá, Andrea Cunha, este intercâmbio é extremamente importante para a cidade. “Estamos fazendo uma grande parceria voltada para nossas ações e atividades cinematográficas, onde a relação internacional que se estabelece traz um empoderamento ainda maior para Maricá”, afirmou a secretária.

Segundo ela, estão sendo desenvolvidos projetos na Secretaria de Cultura voltados para o audiovisual desde 2017. “‘Nós trabalhamos com as comunidades em exibições de filmes ao ar livre e no Cine Henfil. Também estamos estabelecendo a nossa Film Commission e oferecendo oficinas para que a população se especialize na área, fomentando e ampliando o conhecimento que será aplicado no Polo Cinematográfico de Maricá”, garantiu Andrea.