sexta-feira, 27 março, 2020
26.1 C
Maricá

Em caso de emergência, praias podem ser interditadas

O governador Wilson Witzel disse, na tarde desta sexta-feira (13), que a Polícia Militar poderá interditar as praias do Rio de Janeiro para evitar aglomerações. O objetivo é impedir a disseminação do novo coronavírus.

“Nós não permitiremos aglomeração na praia. O momento é de ficar em casa para que possa ser controlada a epidemia”, disse Witzel. “Como a gente vive em um estado democrático de direito eu espero que o cidadão faça o papel de cidadão e que não vá à praia”, disse o secretário de Saúde, Edmar Santos.

Os shoppings também podem ter o acesso restrito. Além disso, o governo recomenda a suspensão de cultos e missas. Jogos do Campeonato Carioca serão realizados de portões fechados.

“É importante conscientizar a população de que não partiria de mim uma proibição com fundamentos políticos e ideológicos. Manifestações são bem vindas”, disse ainda Witzel, sobre eventuais manifestações políticas. “Para as pessoas e para os líderes religiosos, onde está citado ali os cinemas e outras aglomerações e afins, estão as igrejas. Os líderes religiosos precisam ver como prestam assistência espiritual sem que haja risco. Cabe a cada um decidir”, disse Edmar Santos.

75,073FansLike
25,392FollowersFollow
2,653FollowersFollow
984SubscribersSubscribe