Notícias de Maricá

Estacionamento rotativo de Maricá ganha novidades

O Maricá Rotativo, gerenciado pela Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar), está com novidades em seu aplicativo. Agora, ao regularizar o pagamento, o usuário não precisará mais selecionar o número da vaga, bastando informar a placa do veículo, a área desejada e o período de estacionamento. As áreas disponíveis são: Centro de Maricá, orla da Barra, Barroco (Centro Comercial de Itaipuaçu) e orla de Itaipuaçu. Segundo a responsável pelo Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) do Maricá Rotativo, Mônica Pereira, essas mudanças simplificarão o processo para quem já utiliza o aplicativo. No entanto, é importante prestar atenção na seleção da área, pois um erro pode afetar o tempo de permanência no estacionamento.

Para utilizar o aplicativo Maricá Rotativo, o motorista deve acessar o menu de opções no canto superior esquerdo e selecionar “registrar estacionamento”. Em seguida, deve escolher o veículo cadastrado e a área/setor desejado para estacionar. Essa informação também pode ser encontrada na placa que regulariza o estacionamento. Em seguida, o usuário deve escolher o período de tempo desejado. As opções de área/setor podem variar, como por exemplo, na área Comercial/Bancário são 2h, podendo ser prorrogável por igual período totalizando até 4h. Na área Residencial são 4h, podendo ser prorrogável por igual período totalizando até 8h. Já na Orla é período único. Após esses passos, é só confirmar o estacionamento.

Os usuários do Maricá Rotativo têm três opções para efetuar o pagamento: o aplicativo, que é a opção mais recomendada, pois é fácil, prática e rápida. Com ele, é possível fazer a regularização do estacionamento dentro do carro ou em qualquer outro local. Se o usuário precisar ficar mais tempo no estacionamento, pode atualizar a regularização usando cartões de crédito e débito. A equipe do Maricá Rotativo conta com 25 multiplicadores que estão distribuídos nas principais rotas para orientar os usuários sobre o funcionamento do aplicativo e esclarecer dúvidas.

Quem não tem o aplicativo, pode optar por pagar com cartão de débito e crédito diretamente aos agentes de campo, que estão deslocados por toda a região e fazem o lançamento no momento. É importante lembrar que esses colaboradores estão devidamente uniformizados e identificados e não recebem dinheiro em espécie como forma de pagamento.

Outra opção é os pontos de venda, que estão posicionados estrategicamente perto das vagas e são uma opção para quem não tem o aplicativo e não encontrou o agente de campo. Nesses pontos, o usuário pode fazer o pagamento com cartão de débito, crédito e dinheiro. Eles são identificados com um banner do Maricá Rotativo, basta o motorista ir até o estabelecimento comercial e se regularizar.


Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo