sexta-feira, 18 setembro, 2020
22.5 C
Maricá

Obra de passarela parada em Maricá



Pare, olhe e não atravesse. Esta é a recomendação para os moradores que moram nas margens da RJ-106 (Amaral Peixoto), entre os bairros da Mumbuca e do Caxito, em Maricá. Com os constantes atropelamentos no local, os habitantes reclamam do atraso na construção da passarela, que está paralisada desde o início de dezembro do ano passado.

Com a demora para concluir as obras, o drama dos moradores aumenta. Eles relatam que a rotina no bairro é marcada por medo e riscos.


A comerciante Elaine de Araújo, 28, que tem uma mercearia na localidade, confirma que já viu várias pessoas serem atropeladas. Ela ressalta que, em horário de movimento, é difícil atravessar. “Eu levo muito tempo para conseguir atravessar. Estávamos com esperança desta passarela ficar pronta, mas até agora só fizeram um lado”, disse.

Riscos – Os moradores disseram que a obra está totalmente abandonada. Há algum tempo que nenhum funcionário aparece no lugar.
“Os funcionários estiveram aqui e disseram que só finalizam no meio ou no fim do ano. Ontem, uma senhora quase foi atropelada”, contou Jefferson Almeida, 24, que possui um comércio ao lado da obra.

Ele revela que já perdeu vários amigos na travessia.
“Eu já perdi as contas de quantas pessoas já foram vítimas aqui”, revela.

A assessoria de imprensa do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), órgão responsável pela obra, informou que a construção deve ser retomada em breve e a previsão de entrega é em junho deste ano, assim como outras duas passarelas que estão sendo construídas na RJ-106, em Arsenal e Colubandê, em São Gonçalo.

79,143FansLike
27,269FollowersFollow
2,753FollowersFollow
1,550SubscribersSubscribe