terça-feira, 22 setembro, 2020
22.5 C
Maricá

Projeto do porto divide opiniões em Maricá

Com valor estimado em mais de R$5 bilhões, o ‘Porto do Pré-sal’ como está sendo chamado, poderá gerar mais de 15 mil empregos diretos e indiretos, mas moradores temem grande impacto ambiental e diminuição do turismo na cidade.

Praia de Jaconé. Foto: Reprodução / Internet
O complexo portuário dos terminais Ponta Negra prevê ocupar uma área de mais de 5 milhões de metros quadrados, próximo ao paredão rochoso da praia do Sossego, no bairro Jaconé. Um investimento de quase R$ 5,5 bilhões de empresa privada para construir o porto, área de apoio off shore, depósito de minérios e estocagem de petróleo. 

A empresa já comprou a área que pertencia ao jornalista Roberto Marinho e já contratou outra empresa para fazer o EIA (Estudo de Impacto Ambiental).
O objetivo é que o porto fique pronto até 2015, mas a construção deste gera polêmica na cidade. A Associação de Moradores Amigos de Jaconé organizou um abaixo-assinado que circula na internet. Até agora, formam recolhidas cerca de mil assinaturas. O documento será encaminhado ao Ministério Público. Os surfistas também se mobilizaram e estão fazendo a campanha SOS Jaconé. O local é o preferido para a prática do esporte.

79,179FansLike
27,269FollowersFollow
2,757FollowersFollow
1,550SubscribersSubscribe