25 C
Maricá
quarta-feira, dezembro 7, 2022

Maricá: Proprietários de novos apartamentos encontram dificuldades em mudanças

Os novos proprietários dos apartamentos dos conjuntos habitacionais do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ estão enfrentando problemas com informações e marcações das mudanças para as novas moradias.
Dezenas de novos proprietários procuraram o ‘Maricá Info’ para reclamar da falta de atenção dada e ao jogo de ‘empurra-empurra’, já que, segundo eles, a coordenadoria do programa diz que há problemas com a Ampla e Cedae. Nossa equipe apurou a informação. A prefeitura através da assessoria de comunicação, enviou uma nota para publicação, segue:

“As mudanças dos futuros moradores dos condomínios Carlos Marighella (Itaipuaçu) e Carlos Alberto Soares de Freitas (Inoã), ambos construídos pela Prefeitura, através do programa ‘Minha

Blocos com dois andares compõem o Residencial Carlos Marighella, em Itaipuaçu. (fotos: João Henrique / Maricá Info)
Blocos com dois andares compõem o Residencial Carlos Marighella, em Itaipuaçu. (fotos: João Henrique / Maricá Info)

Casa, Minha Vida’, serão feitas de forma planejada, com reuniões prévias. Os beneficiados agendarão as respectivas mudanças em encontros com a coordenação do programa marcados para o dia 15/08, referente ao condomínio de Itaipuaçu, e no dia 22/08, relativo aos imóveis de Inoã. Essa organização é necessária para garantir a entrada dos moradores de forma segura”.

Em um grupo no Facebook, a coordenadora municipal do programa, Lene de Oliveira, publicou que haverá uma atividade de entrevista coletiva de agendamento de mudanças no dia 15 de agosto. Os beneficiários são informados através de telefone para entrega das chaves e marcação de mudanças.

Acompanhe-nos no Google Notícias

Sem boatos, sem fofocas, apenas notícias relevantes para você ficar bem informado.

spot_img
spot_img
spot_img