terça-feira, 26 Maio, 2020
22.5 C
Maricá

Maricá: Praias e centros comerciais ficam vazios

A maior parte do comércio e da população de Maricá atendeu ao apelo da Prefeitura no primeiro dia de validade das restrições estabelecidas pelo Gabinete de Ação como prevenção ao coronavírus. As praias, espaços de lazer e áreas de grande concentração de lojas da cidade ficaram quase inteiramente vazias durante todo este sábado (21/3).

Apenas o comércio autorizado funcionou e alguns adotaram medidas extras de prevenção. No entorno da praça do Barroco, em Itaipuaçu, um dos mercados cujo funcionamento é permitido limitou o atendimento a cinco clientes por vez. Agentes da Guarda Municipal orientaram os estabelecimentos proibidos a não abrirem mostrando o decreto promulgado nesta sexta-feira (20). Em todo o bairro, a maior parte não abriu e as que insistiram em funcionar foram fechando aos poucos ao tomarem ciência das medidas.


“Estou me protegendo desse vírus o máximo que posso”, afirmou dona Imaculada Aparecida, de 75 anos, enquanto ia ao mercado na Praça do Barroco, em Itaipuaçu. “Vim para a casa do meu filho porque moro em Nova Iguaçu e lá o risco é maior”, contou ela, ao lado de Robson Luiz, de 50 anos, morador do Jardim Atlântico. “Só saímos porque tinha de comprar algumas coisas que estavam faltando, mas vi que o básico necessário do comércio está funcionando. Achei acertada a decisão da Prefeitura”, frisou ele.

As lojas do Centro de Maricá que estão fora da permissão de funcionamento aderiram integralmente à determinação de fechamento. Utilizando um megafone, outra guarnição da Guarda Municipal orientava os consumidores a não ficarem nas ruas sem necessidade.

“Lojas abertas iriam atrair mais gente para a rua e causar uma possível contaminação. Foi necessário fechar mas também importante manter abertas as que atendem o básico da população”, opinou o locutor Oséias Pereira, que atua em uma farmácia da Rua Ribeiro de Almeida.

Na região litorânea da cidade, as praias ficaram completamente vazias mostrando que a população também faz sua parte para não disseminar o novo coronavirus. Nos locais onde costuma haver maior movimento como Barra, Cordeirinho e Ponta Negra, foram também colocadas fitas de isolamento, mesmo procedimento adotado na cachoeira do Espraiado, na região rural.

De acordo com a Prefeitura, o funcionamento está autorizado até esta segunda-feira (23/3) apenas para os seguintes tipos de estabelecimentos: Supermercados, mercados, postos de combustíveis, padarias, farmácias, hortifrutis, lojas de ração, clínicas veterinárias, lojas de gás e água e serviços de delivery.

77,858FansLike
27,144FollowersFollow
2,714FollowersFollow
984SubscribersSubscribe